Paulo Autuori vê futebol brasileiro parado

0
197

Depois de seis anos quase ininterruptos no Qatar, mais de oito propostas e inúmeras tentativas de deixar o país, Paulo Autuori está de volta. Um fato raro para quem, neste século, trabalhou por somente pouco mais de um ano no futebol brasileiro, somadas as passagens por Botafogo, Cruzeiro, Grêmio e São Paulo, essa a mais vitoriosa, com títulos da Libertadores e do Mundial de Clubes, em 2005.

Com seu tom de voz peculiar, estilo tranquilo, mas firme, o técnico bateu um longo papo com O GLOBOESPORTE.COM na última semana, no Rio de Janeiro, onde descansa, cuida da mãe de 92 anos, mata a saudade de casa, e se prepara para os próximos desafios. Autuori pretende voltar a trabalhar no Brasil. No momento, tem propostas de clubes árabes, mas já descartou. Em seu planejamento de carreira, a vida à beira do gramado vai durar aproximadamente mais cinco anos. Depois, quer se tornar manager. Por fim, uma ambição ainda maior, e inesperada: presidente da CBF.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui