Motorista reconhece assaltantes e a PEOT fez o resto, foi todo mundo grampeado.

0
229

Menores armados conduzidos pela PEOT para a delegacia.
Menores armados conduzidos pela PEOT para a delegacia.

Há mais ou menos 3 semanas atrás, o motorista da viação Brasileiro que fazia a linha Guaratinga / Porto Seguro foi surpreendido por dois menores, que ao descerem em Vera Cruz, de pose de uma arama renderam o motorista o cobrador, de quem levaram os dois celulares e  200 em dinheiro vivo, que era da passagem e o troco eventual.

Porém nesta 3ª feira, o mesmo motorista com medo não entrou em Vera Cruz, mas avistou os dois menores e chamou a policia e a PEOT Pelotão de Emprego Operacional Tático, foi ao local e deteve os menores MEJ 16 e JSS 17, sendo que um deles ainda portava a arma do assalto, um revolver calibre 32 com 4 munições especiais “holler Point” e 2 munições comuns mas que eles, tentaram fazer duas balas especiais cortando o chumbo para transformar os projéteis e balas dum-dum.

O motorista á época do assalto registrou um boletim de ocorrência na PRF nº 350/2013 e para a reportagem do rota51.com o motorista, disse que reconheceu os dois e por isto chamou a policia e na mesma viatura que os dois menores assaltantes foram na traseira, o motorista foi no banco traseiro para confirmar o reconhecimento dos menores em confronto com a lei.

Os familiares ainda brigam dizendo que são menores, mas quando chegam em casa com dinheiro, roupas e tênis de marca, as mães não perguntam de onde veio o dinheiro, fazem vista grossa e algumas ainda dizem que: “é sempre bem vindo”.

A culpa de tudo isto é Congresso Nacional que ganham salários absurdos, legislam em causa própria, não mudam o código penal, menores matam, roubam, traficam e ainda saem da delegacia primeiro que a policia. O brasileiro paga o salário dos deputados federais e senadores, para ficarem presos dentro de casa e a bandidagem solta na rua fazendo o que querem. O brasileiro precisa tomar vergonha e mudar o voto, não reeleger nenhum dos atuais congressistas, para ver se a justiça volte a fazer justiça, o judiciário quer condenar, mas a lei manda soltar.

[nggallery id=24]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui