Dirigentes do STTR de Eunápolis fazem balanço otimista de 2013

0
242

Tico Lisboa Presidente do STTR
Tico Lisboa Presidente do STTR

Entusiasmados com os resultados obtidos ao longo de 2013 e visualizando um 2014 positivo para a categoria, dirigentes do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Florestais e da Silvicultura (STTR) do Município de Eunápolis, concederam entrevista ao radialista Bento Quinto no final de dezembro passado onde destacam os bons resultados dos esforços conjuntos.

Na pasta de Políticas Agrícolas, Sinvaldo Alves Queiroz, diz que “o andamento do financiamento da produção nos assentamentos foi normal e tranquilo em 2013 beneficiando a todos os que se encontram devidamente regularizados”, acrescentando que 2014 começa com a reforma das 62 casas das famílias do Assentamento Santa Maria, em frente ao Projeto Maravilha. Informa que todo o dinheiro necessário está disponível e a compra dos materiais e contratação da mão-de-obra é prá já.

A notável secretária de Finanças e Patrimônio do Sindicato, Maria das Graças Santos Olegário, destaca bons resultados obtidos graças a boa sintonia da sua pasta com as diretrizes de Tico e Natanael, respectivamente, presidente e vice do STTR. A dirigente comemora o fato de ter mais receita entrando no caixa da Instituição e de, assim, ter conseguido quitar todas as contas do ano. “Não estamos devendo nada a ninguém”, comemora. Na sequência, Damiana Alcântara, secretária geral, diz que 2013 chegou ao fim com ótimo saldo do planejamento, iniciativas e ações do Sindicato, inclusive, com intensa participação em eventos de discussões de políticas públicas, onde a participação da ala feminina liderada por Nalvão foi destaque.

A dobradinha Alda Santiago/Almir Souza Ramos, marcou pontos incríveis no setor de Políticas Sociais do STTR em 2013. Segundo a moça, todo suporte com plenas orientações, encaminhamentos de benefícios junto ao INSS e outras ações foram bem desenvolvidas a partir do balcão do sindicado onde ela comanda. E o Almir, ex-presidente do STTR, diz que, “embora existam certas limitações inegáveis, no entanto, alcançamos muitos dos nossos propósitos ao longo de 2013 e estamos prontos para um 2014 de amplos resultados para o trabalhador rural e o pessoal da Agricultura Familiar”.

Na pasta de Assalariados, Paulo Alves diz que 2013 foi um bom ano em que o STTR mais uma vez mostrou a sua força em defesa da categoria, entrando em 2014 com otimismo. Natanael Braga, vice-presidente do STTR, diz que para este ano que se inicia é a hora de “darmos maior ênfase à questão ambiental no contexto do desenvolvimento agrícola”. Para ele é uma irresponsabilidade a falta de prática de tudo o que tem sido exaustivamente discutido sobre o assunto. Ele quer ausência de rand-up (substância tóxica) nas áreas agrícolas, respeito às nascentes, aos mananciais de água e à Mata Ciliar.

E o grande chefe do STTR de Eunápolis, Tico Lisboa, diz que “o Sindicato cumpriu bem sua missão em 2013 e está pronto para obter melhores e maiores resultados ao longo do novo ano que se inicia”. O presidente da entidade quer mais celeridade nos processos de reforma agrária no Município e na Região, quer os trabalhadores de um modo geral mais satisfeitos e uma justiça social onde todos sintam o brilho dessa nova luz. “É papel do Sindicato lutar por esses objetivos”, diz o dirigente que também é um dos secretários da FETAG-Ba e da CTB. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui