Marcinho do Pequi tombou em confronto com a PM, faleceu no HRE.

0
225

Arma apreendida com Marcinho, um cartucho deflagrado
Arma apreendida com Marcinho, um cartucho deflagrado

O relato dos policiais da PM na delegacia de policia, foram confirmados pelo piloto da moto 125 placa OUJ 6101, Arlindo Vinicius Viçoze 20.

A receber a ordem de parada, o piloto da moto, Arlindo não parou e, começou a partir daí, uma perseguição pela BR 101, no sentido centro/Juca Rosa, chegando perto do Hotel Paraíso, Marcinho sacou uma arma e atirou contra a viatura da PM, no revide em defesa da própria vida, Márcio Silva de Jesus 18, mais conhecido como Marcinho do Pequi,  foi ferido pela policia e levado ás pressas para o HRE, na emergência, não resistindo ao ferimento, Marcinho veio a óbito.

Neste momento, Arlindo recebeu voz de prisão e foi levado para a delegacia de policia, e em seu depoimento ao delegado de plantão, Arlindo confirmou o depoimento da policia, dizendo que conheceu Marcinho há pouco tempo, e neste dia, Marcinho lhe pediu uma carona até o Posto Cabral, Arlindo tem emprego fixo, mas Marcinho, segundo agentes policiais,  já tem passagens pela policia, eles apenas não informaram os motivos.

Arlindo não ficou ferido no confronto e logo após ter feito o seu depoimento, explicou o porque não parou quando recebeu o aviso de parada e depois de tudo foi liberado,  Arlindo apenas foi ouvido como testemunha do fato.

[nggallery id=39]

No momento em que Marcinho foi levado para o HRE, a policia recuperou a arma usada contra a policia, é um revolver calibre 32 e tinha dois cartuchos, 1 deflagrado e outro picotado como mostra as imagens. A policia só não informou se o revolver tinha uma numeração de fábrica ou se esta havia sido suprimida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui