Realizada a 1ª audiência pública sobre a implantação do esgotamento sanitário

0
240

Equipe participante da 1ª audiência pública de Eunápolis 2014  (fotos Pbarbosa)
Equipe participante da 1ª audiência pública de Eunápolis 2014 (fotos Pbarbosa)

Como foi anunciado, realizou-se na Câmara de Vereadores na noite desta 5ª feira 20/02, por volta das 20hs, a 1ª audiência pública sobre a implantação do esgotamento sanitário na cidade.

Este é um desejo que os eunapolitanos vêm alimentando durante os últimos 20 anos, a saber, que Eunápolis é uma cidade sobre fossas, mas somente agora com a administração de Neto Guerriere é que depois de envidar todos os esforços, através do deputado federal João Leão, foi que o prefeito Neto conseguiu a verba no valor de R$ 166 milhões para que o esgotamento sanitário seja feito na cidade.

Conforme falou o Secretário de Meio Ambiente e representante do prefeito Neto, esta verba será para suprir não só o esgotamento sanitário, mas também melhorar o abastecimento de água, fazer o aterro sanitário e  fazer a drenagem de águas pluviais, para esta audiência pública, estiveram representantes da SEDUR, CEI e a EMBASA, sendo esta a empresa responsável pelo tratamento de dejetos residenciais e que em alguns locais ela cobra por isto, mas não presta o referido serviço, como denunciou o vereador Jorge Maécio.

Nesta audiência pública por ser algo de muita importância, esperava-se que o auditório da câmara de vereadores estivesse cheio, principalmente de empresários e comerciantes das Av. Porto Seguro e Santos Dumont, que deverão ficar pelo menos 30 dias intransitáveis, e desta forma eles fariam um plano de trabalho para evitar perda de vendas, mas ninguém se interessou pelo evento feito.

Para esta audiência pública estiveram presentes, além do secretário Mauro Borges, e os representantes das entidades do governo; o gerente de divisão do esgotamento sanitário Severino Neto, gerente da Embasa Eliomar Amorim, representante da secretaria de desenvolvimento urbano da Bahia Nivaldo Santos Conceição, Jeferson Suliatti da secretaria do desenvolvimento nacional e Elio Pereira de Carvalho representando o secretário de agricultura Junior Bahia e, representando a Câmara de vereadores o vereador Lucas leite.

Como representantes do povo e eleitos pelo povo, nesta audiência deveriam estar presentes pelo menos a metade dos vereadores, para que estes pudessem depois na próxima sessão falar do que foi tratado, mas a falta de respeito pelas coisas que visam beneficiar o próprio povo, é tão grande, que somente o vereadores Lucas Leite esteve presente, depois estes vereadores ausentes das coisas do povo, vão fazer indicaçõezinhas ou protestozinhos, tentando pegar carona em algo que pelo menos á vista é uma realidade.

Mas a audiência foi feita e agora é só esperar, pois foi dito que até junho tudo tem de estar pronto para que a verba seja liberada e as obras comecem a tomar corpo ne cidade. No plenário também estiveram presentes, a coordenadora da defesa civil Cristina Tremura Barbosa, o diretor do Dnit Aldo Maximiliano, Tico Lisboa  representando a FETAG, Natanael Braga representando o STTR e Flávio Viana secretário de ações institucionais da prefeitura e, fazendo a cobertura com exclusividade esteve mais uma vez o portal de noticias www.rota51.com.

[nggallery id=50]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui