Mais um júri aconteceu no fórum de Eunápolis, réu absolvido por falta de provas.

0
234

Dr. Apóstolo iniciando a defesa do réu    (foto Pbarbosa)
Dr. Apóstolo iniciando a defesa do réu (foto Pbarbosa)

Já pela manhã os jurados se aglomeravam na porta do Fórum para a chamada, já que uma ausência não justificada, ou mal justificada custa uma multa bem suculenta no bolso do faltoso, de acordo com a falta a multa poderá ser de 1 a 10 salários mínimos. No julgamento desta 5ª feira 20/03, foi julgado  Walter Boecker que em 29/03/2004 assassinou com tiros de revolver José Luiz Lisboa dos Santos mais conhecido como “Zé Cotia”, ele vendia doces em frente ao fórum e, era bem conhecido.

 No histórico deste homicídio,  fato este que teve á época a cobertura jornalística do eunanoticias.com, atual rota51.com, quando segundo testemunhas e o próprio réu, ele chegou de viagem em seu caminhão foi até o bar, voltou para pegar o dinheiro do frete e o seu revólver, no bar, tomou 4 cervejas e ia saindo para ir embora.

Neste momento, Zé Cotia, que gostava de fazer brincadeiras e muitas vezes de mau gosto, isto quando estava bêbado, e neste dia segundo testemunhas, ele seguiu Walter xingando e de repente levou a mão debaixo da camisa, coisa que gostava de fazer, mas que nunca teve um revolver, era tudo brincadeira sem graça e de muito mau gosto, ao fazer o gesto de pegar um revolver que nunca existiu, Walter vendo-se ameaçado sacou e desferiu 3 tiros em Zé Cotia, que morreu no local, dentro do bar perto de uma mesa de sinuca.

Walter fugiu ao flagrante e constituiu seu advogado de defesa Dr. Antônio Apóstolo, se apresentou e ganhou o direito de responder o processo em liberdade.

No julgamento de hoje o representante do Ministério Público, Dr. Dinalmari Mendonça Messias, depois de expor os fatos aos jurados, mostrou toda a sua habilidade de acusação, mas no final, também mostrou aos jurados que nenhuma testemunha acusou o réu, o que aconteceu é que foi uma fatalidade, não houve discussões, animosidade de nenhuma dimensão, e por isto Dr. Dinalmari pediu a absolvição do réu, sustentando a sua tese de legitima defesa putativa.

Depois de um breve intervalo, o advogado de defesa, Dr. Antônio Apóstolo, também mostrou as duas faces do crime, dando conta de que ninguém acusou réu formalmente como um assassino que tivesse cometido um crime premeditado, mas sim, algo como inusitado e fez várias citações sobre a família. Dr. Apóstolo citou novelas que em nada ajudam a constituir a família, mas sim destruí-la.

Dr. Apóstolo falou que antigamente os pais educavam em casa e a professora na escola e que hoje a situação é diferente que os pais deixam seus filhos para que uma professora o eduque, e que quantas vezes a policia é chamada em escolas parta dar proteção a professora por que determinado aluno quer agredi-la, sendo esta uma forma de mostrar a degradação da família.

Dr. Antonio Apóstolo ao terminar a sua fala, falou que a responsabilidade também é da sociedade, citou o trabalho da justiça e que ninguém vai saber o que é feito pelo judiciário para a sociedade, falou que somente um veículo de comunicação deu cobertura total à semana de julgamento, e que a sociedade é muito responsável por muita coisa, pois quem tem direito, também tem deveres.

Depois do almoço, foram todos para a sala secreta, onde houve a votação, e ao descerem o juiz presidente, Dr. Otaviano Sobrinho, prolatou a sentença, dando conta de que os jurados votaram a favor do réu e, por isto ele foi absolvido pela sustentação da tese tanto da defesa quanto pela acusação de legítima defesa putativa.

Nesta semana de julgamentos, somente na 3ª feira não houve julgamento devido ao fato do advogado do réu ter enviado um atentado dando conta de sua ausência e, nesta mesma semana, nenhum réu foi condenado, todos foram absolvidos por falta de provas. Nesta 6ª feira, 21/03, a partir da 08h30m, haverá o ultimo julgamento da semana, e mais uma vez o rota51.com estará no fórum de Eunápolis para uma cobertura jornalística dos trabalhos judiciários da cidade.

[nggallery id=114]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui