Entre cobranças e desabafos, Câmara Municipal faz mais uma sessão.

0
205

Vereador Robson Rocha falando sobre a escola José Victor (foto Pbarbosa)
Vereador Robson Rocha falando sobre a escola José Victor (foto Pbarbosa)

Depois da chamada, foi feita a Oração do Dia pelo Pr. Robson Rocha e,  logo a seguir o diretor legislativo Milton Guerreiro leu a ata da sessão anterior que foi apreciada e aprovada e finalmente a Ordem do Dia com todos os projetos e indicações para apreciação e votação. Em seguida foi feito o intervalo regimental de 15 minutos e no retorno o pequeno expediente onde falaram os vereadores Lucas Leite  e Zé Pelanca.

Já no grande expediente, o vereador Adelson do Alecrim, mais uma vez, bateu forte no Secretário de saúde dizendo que convite em ir dar explicações ele não atende e que agora ele terá de ser convocado, pois desta forma ele não poderá negar, falou da falta de postos de saúde, dizendo que os postos são pequenos para atender ao povo, em aparte o Presidente da Câmara Vavá da Farmácia, disse que a comissão de saúde é formada por 3 pessoas e que somente ele assinou a solicitação. Adelson do Alecrim chamou o secretário de saúde, de “Mário Embromation”,  que em um mau inglês quer dizer “embromador”. Adelson expressou a sua indignação diante do que ele diz que viu e que como vereador não pode suportar isso.Mário Gontijo está sendo a “bola da vez” em receber criticas na tribuna da Câmara.

Já o vereador Robson Rocha, falou da escola municipal José Victor no bairro Minas Gerais, e que espera, segundo promessas, que dentro de 2 semanas já está tudo pronto para que os alunos comecem a estudar.

Falaram os vereadores Jorge Maécio, Jota Batista, Lucas Leite, Zé Carlos e Paulo Brasil, na maioria dos assuntos o caso dos transportes alternativos foi a tônica do momento, não se pode negar que o prefeito na entregou os 23 alvarás para motorista de taxi e seus devidos pontos, mas os alternativos não querem arte parece que eles fazem uma negociação de um lado e recebem orientação atravessada do outro.

A associação dos mototaxistas ganhou o título de “utilidade pública”, cujo projeto foi aprovado nesta sessão, já Lucas Leite fez a proposta de mudança de nome da Secretaria de Assistência social para Secretaria de Desenvolvimento Social, pelo trabalho que a secretária Ciça Guerriere vem fazendo.

Já na sua vez o líder do prefeito Jota Batista falou que o Secretário de Saúde Dr. Mário Gontijo nunca se negou a dar explicações na CME, mas que quando falam dele, ou o convidam para ir a Câmara, já se tem uma ideia pré-concebida e que é necessário muito respeito, pois o Secretário, neste período ele vem fazendo um excelente trabalho e, já são 13 postos novos de saúde que estão sendo construídos e nem isto está sendo levado em conta.

Depois dos discursos, foram colocados em votação todos os projetos para 2ª votação e as indicações que foram todos aprovados.

Pouco há o que se comentar em relação aos discursos, alguns são totalmente vazios, não passam de uma tentativa de “ficar” bem com o público, mas que na realidade levam nada a lugar nenhum.

[nggallery id=130]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui