Presidente do STTR diz que Governo afina-se com movimentos sociais

0
189

Tico Lisboa Presidente do STTR   (foto Pbarbosa)
Tico Lisboa Presidente do STTR (foto Pbarbosa)

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais, Florestais e da Silvicultura (STTR) de Eunápolis, Ailton Queiroz Lisboa (Tico), acaba de regressar de Brasília-DF, onde participou de alguns encontros e eventos voltados para o segmento da Agricultura Familiar. Em entrevista ele disse que como representante do Sindicato e da FETAG, participou de “três eventos importantes” na Capital da República: no dia 20 último aconteceu o SEMINÁRIO NACIONAL DO PROGRAMA  BOLSA VERDE do Governo Federal, que beneficia os agricultores familiares, protege nascentes, aguadas e florestas nativas; de 21 a 25 de março, “tivemos o encontro nacional coletivo de política agrária,  onde tratamos muito de programas sociais em benefício do homem e da mulher do campo, principalmente o PNHR (Programa Nacional de Habitação Rural) que, recentemente, vem sendo encaminhado para vários movimentos sociais e prefeituras”.

O sindicalista desta, também, o encontro que manteve com o dr. Arnaldo Brito, especialista na área de habitações construídas com recursos públicos. “Tivemos um bom debate com o representante do Ministério do Desenvolvimento Agrário através da SRA (Secretaria de Reordenamento Agrário), dr.  Ademar Lopes, que falou sobre o Programa Nacional de Crédito Fundiário, programa este que está instalado no Brasil inteiro, inclusive, aqui no estado da Bahia e em nossa região Extremo Sul”, explica. O dinheiro oriundo desse fundo, segundo Tico Lisboa, é destinado às compras de propriedades em caráter individual ou através de associações.

Ainda em Brasília, o pessoal da CONTAG, das FETAG’s e de sindicatos como o STTR de Eunápolis, manteve encontro com o novo presidente do INCRA, Luiz Guedes de Guedes, onde os representantes dos movimentos sociais trataram de política de reforma agrária tradicional. A Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (CONTAG), segundo Tico, tem meio século de existência e este ano vem fazendo várias comemorações por esse marco.

Por: Bento Quinto

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui