Acampamento 2 de julho uma nova realidade em organização e coordenação.

0
342

Representantes do acampamento 2 de julho e o Dr João Lopes (foto Pbarbosa)
Representantes do acampamento 2 de julho e o Dr João Lopes (foto Pbarbosa)

A reportagem do rota51.com neste sábado passou a metade do dia no acampamento 2 de julho, de onde há uns anos desde 20/07/2013 quando tratores da Veracel Celulose, derrubaram barracos, revirou plantações e os acampados á época tiveram o maior prejuízo, mas desta vez a coisa está totalmente diferente, de acordo com informações, o gado do vizinho não some mais, quando sai da cerca ele é devolvido e o dono avisado, eucaliptos não são mais criminosamente cortados e, segundo a nova coordenadora, Lucidey Souza Vilas Boas, quando há alguma arrecadação, o dinheiro pé revertido para a própria associação e com prestação de contas em todas as assembleias.

Lú como é amigavelmente chamada por todos, conversou com a reportagem do rota51.com, disse que agora a Associação 2 de julho tem registro oficial, tem CNPJ, um escritório de contabilidade que cuida dos livros e assuntos internos, um novo galpão para reuniões e assembleias,  e que para regularizar tudo,. Ela foi para a capital do estado e lá se reuniu com representantes do Governo do Estado no SERI,  com as secretarias do governo  e com o INCRA e deste recebeu aval e até mesmo as cestas básicas já estão restabelecidas.

Lú, disse que o referido acampamento agora tem a bandeira da FETRAF  que tem como diretores Joelino Monteiro do projeto Maravilha e Pedro dos anjos de Itamarajú. Com relação às cestas básicas cada família recebe ao todo 44 kg de alimentos divididos em 2 partes, são ao todo 118 famílias e cada famílias com uma base de 5 a 8 pessoas, que cuidam da agricultura familiar, Lú também ressaltou que já esteve reunida com o CMT da 7ª CIPM, Major Cleber e já recebeu da Veracel Celulose que não haverá mais conflitos  entre a empresa e acampados e, que em Salvador em uma reunião com Erenilson Piau que não haverá mais reintegração de posse, pelo fato de que, o que é da empresa será preservado como respeito ao patrimônio particular de cada um.

Neste sábado, o acampamento 2 de julho recebeu o médico Dr. João Lopes, que viu resultados de exames, elaborou consultas de jovens e adultos e o seu atendimento nesta sábado 12/04, foi de 50 pessoas mas que ficou preocupado pois 50% destes são acometidos de hipertensão e que é preciso ter muito cuidado, principalmente com os mais idosos. Quem quiser acompanhar o trabalho que é feito no acampamento 2 de julho pode acessar pela internet o “facebook” no endereço “acampamento de julho”. Além do atendimento médico que a partir de agora será mais intensificado, as crianças ainda tem aulas de capoeira para ocupar o tempo infantil ocioso e uma das primeiras coisas que a coordenadora Lú do acampamento 2 de julho buscou levar para o referido acampamento foi o ônibus escolar, que permite que crianças do acampamento não fiquem se as aulas nas escolas municipais e, para que se tenha uma ideia de como está o acampamento agora, mesmo sem o programa “luz para todos”, o acampamento já tem rede de energia, poço de água pronto, banheiros para os visitantes, o que demonstra que para coordenar não é só preciso querer, mas antes é preciso ver o “grito da terra.”

[nggallery id=171]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui