Câmara de Vereadores promove votação secreta para veto.

0
212

Vereadores dividindo atenção na CME  (foto Pbarbosa)
Vereadores dividindo atenção na CME (foto Pbarbosa)

Depois da chamada e da Oração do dia feita pelo vereador Pr. Robson, foi lida a ata da sessão anterior e a Ordem do Dia, depois veio o intervalo regimental de 15 minutos, no retorno vereadores falando no grande expediente, sendo que Jorge Maécio discorreu sobre a ação da justiça, querendo que todos os donos de lotes que já construíram ou não e, que estes tenham sido dados pelos prefeitos, que devolvam o bem ao município.

O pronunciamento de Jorge Maécio é para sensibilizar a justiça eu não faça a retomada dos lotes e a possível demolição dos mesmos, em apartes Dr. João falou que tanto tem lotes no bairro Jardim de Eunápolis como tem na Vila Olímpica e que há uma disparidade entre as classe sociais.

Lucas Leite disse que é por issto que faltam terrenos para a construção de praças de lazer e que ele é a favor mas que é preciso haver uma discussão sobre o assunto, mas que é contra a anistia e que Eunápolis é uma cidade pobre de locais públicos. Jorge Maécio é a favor de um debate para que o assunto seja desmembrado e que situações sejam resolvidas, demolir seria um retrocesso, por outro lado o prefeito Neto Guerriere disse que envidará todos os esforços no sentido de não demolir e de arranjar uma solução menos dolorosa e mais conciliadora para a situação, pois ele fará direito o que os outros ex prefeitos deveriam ter feito.

Já o vereador Zé Carlos no inicio queria fazer uma homenagem a ex vereadora Carmem Lúcia, depois começou a “sentar o pau”  na Veracel celulose dizendo que a Veracel Celulose não cumpriu tudo que prometeu para o município, retornando ao assunto, Zé Carlos falou que depois fez um, relato dos locais da cidade onde muitos lotes foram doados pelo ex prefeito Gediel e, retornou a critica a Veracel Celulose. Zé Carlos agradeceu aos colegas de plenário pela votação e aprovação do Dia Municipal do Desbravador.

Em seu retorno Lucas Leite  falou sobre o “marco zero”, que ficaria na rua 13 de maio, local onde a cidade nasceu, Lucas leite falou que por falta de terrenos que foram doados indiscriminadamente, agora a prefeitura tem de desapropriar terrenos para construção de escolas, praças e postos de saúde, falou do retorno do programa “AABB comunidade”,  Vavá da farmácia pede silencio aos vereadores.( vejam matéria  à parte ), e para finalizar o seu pronunciamento, Lucas Leite, elogiou a matéria do site “bahia40 graus” pela matéria dos médicos cubanos que estão encantando a população e com os resultados de impacto positivo.

Nada mais tendo a tratar, o Presidente da CME encerrou a sessão ordinária para realizar mais duas sessões extraordinárias, onde todos os projetos e indicações foram todas aprovadas.

Nova sessão da CME marcada para o dia 24/04 às 08h30m, na CME à av. Artulino Ribeiro bairro Dinah Borges.

[nggallery id=183]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui