Saúde nas escolas, um conceito especial de educar e prevenir doenças.

0
298

Dra. Maryleen Lacerda e colaboradoras no SAE-CTA (foto Pbarbosa)
Dra. Maryleen Lacerda e colaboradoras no SAE-CTA (foto Pbarbosa)

Aconteceu no auditório do IFBA, na manhã desta 3ª feira 21/05 e irá continuar por toda a tarde, o I Encontro de multiplicadores do Projeto de Saúde e prevenção nas Escolas, quando uma parceria foi efetivada entre os Ministérios da Saúde, Educação e Ação Social, visando com isto, desencadear um ato preventivo contra as doenças sexualmente transmissíveis entre os mais jovens, sendo que este programa prevê todo tipo de ação, como palestras, oficinas e outras atividades, saindo das salas de conferencias e indo direto ao público alvo, adolescentes  que já despertaram ou estão despertando suas atenções para outros tipos de vida e atividades.

Tudo começou com um monólogo escrito e interpretado por Cleuza Pinheiro de Souza, que além de escritora é poeta e cantora, o monólogo de abertura da conferencia além da apresentação também é de sua autoria.

Para este encontro estiveram formando a mesa a Secretária de Educação profª Adail Brito, a psicóloga Dra. Maryleem Lacerda e a nutricionista Karina Berdague.

As palestras foram proferidas por Artianik Franca Ribeiro Sd PM representando o Major CMT da 7ª CIPM Cleber Santos que fez uma palestra sobre “violência” suas formas, incidências, origens, a segurança como forma de combate á violência, onde acontece e porque acontece. Artianik fez uma exposição clara dos fatos, dando conta de que, muita gente é contra a pena de morte, desde que a violência não atinja seus amigos ou familiares, e citou como exemplo a mulher morta no Rio de Janeiro, falou do treinamento da policia e de como o país enfrenta a violência do dia a dia.

A psicóloga Silmara Montejano, que falou sobre drogas, o seu uso, e da forma como deve ser encarada nos dias atuais, Silmara  demonstrou outros tipos de drogas como o açúcar, remédios, o álcool e as comparações com outras drogas, como o crack, a maconha e a cocaína, demonstrou através do data show, vários tipos de drogas e o seu uso, ao lado de Silmara esteve falando também o Assistente Social  Endriano Alves.

A presença marcante de Cláudia Berdague da Secretaria de Educação, como mestre de cerimônia de todo o evento.

Marília Martins, psicóloga, falou da gravidez na adolescência, dando conta de que na Bahia, e, 2012 aconteceram 40.350 casos de gravidez infantil, sendo que no ano anterior em 2011, os casos registrados foram de 46.611. Depois abordou os casos de AIDS, quando os primeiros casos aconteceram no mundo entre 1978 e 1985, sendo que os primeiros países a apresentarem a doença foram os EUA, Haiti e África Central. Em junho de 2011 foram registrados 608.230 casos e depois os registros de 34.218 casos novos.

Já na parte da tarde, haverá um encontro do país,  coordenadores escolares, professores, psicólogas dentre outros onde haverá uma discussão e daí, serão escolhidas duas escolas para colocarem em prática este projeto piloto, já que poucos diretores e coordenadores aderiram a esta parceria, e os que estiveram presentes aderiram a esta convocação, de uma luta intensa no sentido de conscientizar, esclarecer e buscar adeptos para esta luta, sendo que com a parceria dos ministérios interessados e envolvidos, não de pode deixar lembrar que o SAE/CTA, sempre esteve presente nesta luta, sempre buscando manter um trabalho de equilíbrio, no combate ao HIV/AIDS, tuberculose, hepatite viral e outras doenças sexualmente ou não, porém transmissíveis e sempre prejudicial á saúde humana.

[nggallery id=255]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui