Assassinos do bar estão presos, mas a policia continua investigando.

0
264

Réu confesso na morte do bar Par Romântico - Arquivo da policia
Réu confesso na morte do bar Par Romântico – Arquivo da policia

Depois do assassinato de um jovem no bar Par Romântico no Pequi, a policia como sempre, iniciou uma investigação sobre quem e, os motivos que levaram dois homens assassinarem um jovem dentro do bar ferindo outro, configurando um homicídio e uma tentativa de homicídio.

O primeiro a ser preso foi o Dudu, Eduardo Lima da Silva que em uma troca de tiros com a PEOT foi ferido e foi levado por comparsas para ser medicado em Porto Seguro onde acabou preso. Mais recentemente depois de uma denúncia anônima para o telefone 9090 8196 5853, o outro comparsa de Dudu acabou sendo preso, dormindo na casa da namorada de 14 anos e ainda por cima grávida, na rua Água Funda, a prisão foi no dia 22/05 5ª feira.

Agentes da delegacia territorial comandada pelo Delegado Dr. Cícero Feitosa, foram na casa da mãe de Wellington Santos de Jesus 18 anos e acabaram prendendo Wellington em seu quarto e dentro de uma cômoda o revolver usado no homicídio.

Para a polícia Wellington acabou confessando o crime e contando tudo que pôde para tentar livrar a sua cara ou pelo menos amenizar a sua situação junto à justiça.

Wellington disse que a princípio era só traficante, mas depois foi promovido a “Serial Killer” ou seja “matador de uma facção criminosa de

Dudu baleado em confronto com a PEOT, preso em Porto Seguro (Arquivo Policial)
Dudu baleado em confronto com a PEOT, preso em Porto Seguro (Arquivo Policial)

Eunápolis, e a sua função era matar quem estivesse devendo “na boca”, ou então algum rival da referida facção. Mas agora, a policia vai fazer uma perícia na arma apreendida com Wellington para saber se não existem outras mortes pelo mesmo motivo na cidade, pois muitos homicídios ainda estão em franca investigação e muitas outras mortes podem, ser de autoria da dupla, embora ele tenha sido preso recentemente, ele pode ter sido promovido há muito tempo e mesmo ainda menor, já pode ter sido o autor de vários homicídios, mas isto somente a policia poderá dizer, principalmente após o resultado do exame de balística.

[nggallery id=272]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui