Jovem trabalhador morre em assalto à namorada, e a lei do desarmamento?

0
206

Um tiro na nuca e é mais um jovem morto covardemente    fotos   Pbarbosa
Um tiro na nuca e é mais um jovem morto covardemente fotos Pbarbosa

Tudo começou quando dois elementos de moto pararam e tomaram á força o celular de uma jovem que estava acabando de sair do serviço e, estava indo pra casa junto com o namorado e segundo a sua ex futura sogra, a sua filha era apaixonada pelo namorado e iam se casar no dia 18 de julho.

Ela trabalhou duro para comprar o celular que ela queria, e o namorado Wellington Miranda Borges de 17 anos, depois do seu trabalho foi buscar a namorada, chegando ao bairro Stela Reis, dois elementos de moto tomaram o celular da moça, Wellington não tempo nem de reagir, recebeu um tiro na nuca e morreu no local.

Ao que tudo indica, mesmo estando de capacete, Wellington reconheceu os assaltantes e, eles só se deram conta quem era o rapaz depois de terem tomado celular da moça e aí tiveram de matar o rapaz para não serem reconhecidos na policia.

Segundo relatos da namorada de Wellington, tão logo eles tomaram o celular das mãos dela, um dos ocupantes da moto desferiu o tiro que acertou a nuca do rapaz, que com perda de massa encefálica, acabou  causando morte imediata.

Existem dois fatos a considerar, o primeiro é que a lei do desarmamento so serviu para desarmar o cidadão honesto, que trabalha, produz e paga impostos, mas a bandidagem andar armada o dia inteiro. Segundo é que o atual Governo do PT  não dá a mínima bola para o extremo sul da Bahia, faltam policiais, faltam viaturas, os rádios de comunicação foram doados pela CDL, teve um inteligente que transferiu a central da policia de Eunápolis para Porto Seguro, e quando um cidadão de Eunápolis liga o 190, quando a “claro” deixa atender, de Porto Seguro a central tem que entrar em contato com Eunápolis para que uma viatura se desloque e vá atender a ocorrência, e por aí vai, pedir votos ele sabe, mas honrar os compromissos, isto aí já é outra história.

Wellington morava na rua Abílio Batista 18 Stela Reis, o assassinato foi por volta das 19hs, uma ambulância do SAMU esteve no local, o médico atestou o óbito do rapaz e depois familiares tiveram de esperar pelo DPT para a liberação do corpo, Eunápolis também não tem uma equipe do DPT, isto é uma questão de politica, o PT não quer, Eunápolis não tem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui