Responsabilidade atrai qualidade, para oferecer o melhor serviço no Porto Seguro Praia Resort

0
367
Hélio de Paula, MIchelle Passos e o chef Carlos José / fotos Pbarbosa
Hélio de Paula, MIchelle Passos e o chef Carlos José / fotos Pbarbosa

Em cidades comuns é difícil hoje em dia manter um serviço de excelência em hotéis e restaurantes de cidades do interior, pois alguma coisa sempre deixa algo a desejar e com isto existe um êxodos muito grande clientes, é muito comum ver clientes de um hotel hoje e na sua volta ele procura outro estabelecimento que lhe proporcione algo mais, e muitas vezes os donos de hotéis nem se dão conta de que acabaram de perder um cliente.

Enquanto isto, outros procuram melhorar ainda mais a prestação de serviços, buscando sempre uma melhoria, que vai desde a recepção até a cozinha, sendo esta, um local até certo tempo intransponível, mas que hoje acabou se tornando um local de visitação, para que o cliente possa ver de perto a sua cozinha na cozinha do hotel em que está hospedado.

O rota51.com, há muito vem fazendo esta observação e vê sempre que, muitos

Michelle fazendo a verificação de temperatura de alimentos
Michelle fazendo a verificação de temperatura de alimentos

restaurantes depois de passarem a serem observados, irão perder pelo menos uns 70% de sua clientela, mas isto será assunto para outra reportagem. No entanto algo chamou a atenção da reportagem do rota51.com, quando uma profissional de alimentação estava fazendo a verificação de alimentos na cozinha do Porto Seguro Praia Resort e, resolveu fazer uma amostragem deste trabalho nesta matéria.

Ela é Michelle Passos, técnica A e B em alimentação coletiva e desde que se formou já passou pela ADAB e por um Comissaria Aeronautica também no setor de alimentos e, agora ela é a responsável pela qualidade dos alimentos que são  servidos no restaurante do Porto Seguro Praia Resort.

Este qualidade é feita através de medições realizadas em cada tipo de alimento, frio ou quente e faz a verificação de temperatura, em que determinado alimento tem de estar para que possa ser servido com segurança. Todos os grandes hotéis e restaurante tem através de contrato direto ou de consultoria, no Porto Seguro Praia Resort, este é um trabalho permanente da profissional Michelle, como foi registrado pelo rota51.com.

Ao falar á reportagem Michelle disse que os alimentos, principalmente a maionese, nunca podem ser guardados para o dia seguinte, pois sob a sua responsabilidade e do Chef de cozinha Carlos José, a comida feita para o restaurante é servida também  no refeitório dos funcionários, o que sobre é totalmente descartado e nem para uma creche ou para pessoas comuns podem ser dada, em suma, o que sobra vai para o descarte.

Segundo Michelle, existe uma lei que regulamenta tudo isto, ela é severamente seguida, e tudo isto para manter uma linha de serviços altamente recomendada pela Food, Drugs and Administration e principalmente no Brasil com uma fiscalização da vigilância sanitária local, que pode a qualquer momento realizar uma fiscalização e quando tudo é monitorado de forma altamente profissional, primeiro não há nada o que temer e depois é a responsabilidade para com o cliente e sua família.

Na oportunidade foi flagrada a cúpula da Policia Civil almoçando no Porto
Seguro Praia Resort, quando alguns delegados e delegadas estão a postos para tomarem posições referente a Copa do Mundo, sendo que a cada semana uma equipe nova assume a responsabilidade da segurança feita pela policia judiciária, e todos sob o comenda da Coordenadora da 23ª CORPIN, a Delegada Dra. Valéria Fonseca Chaves.Michelle fazendo a verificação de temperatura de alimentos

Policia Judiciária para a Copa em Porto Seguro
Policia Judiciária para a Copa em Porto Seguro

 

[nggallery id=322]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui