A imprensa e o Pedrão 2014

0
290
Angelo Nogueira assumindo a Presidência do Lions Club de Eunápolis  foto Pbarbosa
Angelo Nogueira assumindo a Presidência do Lions Club de Eunápolis foto Pbarbosa

Desde a criação do Pedrão, ainda na administração passada, sempre houve a chamada coletiva de imprensa, mas sempre para anunciar o evento,  mas imprensa sempre foi tratada como simples objeto, e nunca houve uma reunião para solucionar os problemas  da imprensa, que sempre levou para ao mundo inteiro, o referido evento, a imprensa local, sempre foi tratada como sendo um simples objeto, pelo menos para alguns sites que sempre deram tudo par a cobertura da festa.

Tribuna Atlântica na época de Luiz Alves   foto Pbarbosa
Tribuna Atlântica na época de Luiz Alves foto Pbarbosa

Mas este ano foi diferente, a reportagem do rotga51.com, cobreou do Secretário Roberto Martins e do Secretário Isnard Vasconcelos, uma reunião para tratar exatamente destes problemas e o pedido foi atendido e a imprensa se reuniu com a comissão e pelo menos algumas reivindicações foram, atendidas e, então foi feita uma comissão da imprensa para rever todos os conceitos de informações do Pedrão 2014, e para os próximos anos, a tentativa é de melhorar mais ainda.

E dentre uma das realizações desta comissão foi homenagear um dos precursores da imprensa eunapolitana, então desta forma, o camarote da imprensa credenciada para o Pedrão 2014, fará uma justa homenagem ao grande jornalista e radialista Ângelo Nogueira. Ângelo ainda jovem começou tudo com o seu pai Luiz Alves, na Tribuna Atlântica depois continuou com o mesmo jornal e com o advento da internet, criou o site Atlântica News, hoje comandado pela esposa Luciene Nogueira.

Tribuna Atlântica já com Angelo Nogueira   foto Pbarbosa
Tribuna Atlântica já com Angelo Nogueira foto Pbarbosa

A homenagem é justa, e dentre os homens que iniciaram a imprensa de Eunápolis homenagear Ângelo Nogueira como patrono do camarote da imprensa do Pedrão 2014, é no mínimo dizer ao eunapolitano, que uma parte desta história está sendo resgatada pelos que fazem uma imprensa séria, ética e que, sobretudo vive da própria imprensa, pois só desta maneira é que se sabe as dificuldades em manter até certo ponto, um trabalho digno de ser mostrado pela região, para o Brasil e alguns países mundo afora, já que a internet permite que isto aconteça.

 

 

[nggallery id=340]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui