Dr. João Lopes fez neste sábado, mais um atendimento médico no 2 de julho.

0
273
Dr. João Lopes em atendimento no 2 de julho  /  fotos Pbarbosa
Dr. João Lopes em atendimento no 2 de julho / fotos Pbarbosa

Como sempre faz aos sábados,  neste 09/08, mais uma vez foi ao assentamento 2 de julho onde, revisou exames anteriormente pedidos e fez novas consultas, destacando que  muita gente que antes foi diagnosticada com hipertensão ou alto índice de glicemia, nesta visita, já estava com a saúde mais controlada.

Neste sábado foram feitas 51 consultas sendo que 40 adultos e 11 crianças passaram pelo crivo do médico e, todos receberam orientações médicas de como se portarem com a alimentação e o ritmo de vida.

Depois o médico Dr. João  Lopes, reuniu todos os presentes e foi mostrar junto com a diretoria do assentamento 2 de julho a caixa d’água de 10 mil litros, que ele conseguiu junto ao Secretário de Agricultura Junior Bahia, para que dentro em breve, pelo menos a grande parte dos assentados, recebem em suas casas água encanada como parte de um avanço conseguido através da atual diretoria. Pois pelas imagens feitas pelo rota51.com a água ainda é de cacimba e tirada a braço por todos os moradores do local, com a doação da caixa pelo Secretário Junior Bahia a pedido do Dr. João Lopes, uma bomba a ser colocada na mesma cacimba, vai jogar água em todas as residências.

Por outro lado neste sábado,  16/08, haverá grande festa em comemoração dos 5 anos de surgimento do referido assentamento, onde estarão segundo informações, representantes da FETRAF, alguns políticos regionais buscando apoio para seus candidatos e com certeza alguns candidatos da própria ala política da FETRAF em busca de votos.

Crianças precisam de apoio da população.

Na visita do Dr. João ao referido assentamento, a reportagem registrou a necessidade de duas crianças em situação mais que especial, sendo que uma delas, a Sara Soares Varnou, que na realidade vegeta, pois não enxerga e não faz nenhum movimento, e precisa de uma cadeira de rodas especial, pois sozinha ela não se mantém ereta, precisa ser amarrada á cadeira e, uma cadeira especial, acabaria com mais este sofrimento. Por outro lado a sua irmã gêmea, Sayonara Soares Varnou, também com a mesma situação de necessidade espacial, necessita de ser aposentada e, até o momento, a mãe que é moradora do assentamento,  cuida de 5 crianças, sendo que estas têm necessidades especiais e só não tem ninguém que possa dar esta ajuda.

Ao final de tudo, a equipe que prepara os atendimentos, registra e acompanha Dr. João Lopes nestas visitas, mais uma vez foi convidada a almoçar, e regalou-se com um almoço caseiro da melhor qualidade.

 

[nggallery id=442]

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui