Agentes da delegacia territorial enchem o carro na rua e despeja tudo na DP.

0
239
Mateus e Alef, chegando na DP  /  fotos Pbarbosa
Mateus e Alef, chegando na DP / fotos Pbarbosa

O pessoal do tráfico sabe que a policia está de olho no “movimento”, mas mesmo assim ainda teimam em andar pela estrada errada e foi isso que levou Mateus Souza Nogueira 18 residente no bairro Vivenda Costa Azul e Alef Roberto Modesto Chaves 21, rua da Encosta bairro Pequi, para atrás das grades.

Foi isto que aconteceu por volta das 15hs, quando agentes da territorial começaram uma investigação sobre o tráfico de drogas na rua da Encosta e, depararam com dois elementos em atitude suspeita e ao dar o famoso “baculejo” nos dois.

Com Mateus, a policia encontrou um revolver Taurus calibre 38 nº 15500, R$268,00 em notas e 9 reais em moedas, 43 pedras de crack prontas e embaladas para venda imediata,  mais uma pedra grande com 84,4 grs e uma bucha de maconha com 119,6 grs e, dois papagaios, (celulares) um LG e o outro Moto G como eles não esboçaram nenhuma reação e nem esboçaram um confronto,  foram grampeados e entregues na territorial, a saber que Alef já tem passagens e foi reconhecido por alguns agentes.

Depois de formalmente identificados e fichados, os dois comerciantes, foram levados até a delegada de plantão Dra. Elizabeth Salvadeo, que após uma conversa ao pé de ouvido, vai autuar os do por tráfico de drogas, porte ilegal de armas, e associação para o tráfico arts: 33; 35 e 14  da lei  10.826/013.

Quando a redação do rota51.com fala que a policia trabalha, é num caso deste, vem a informação, os agentes vão a campo verificar a veracidade da informação, investigam e prendem, mas aí vem um governo que trata mal os agentes começando pelo péssimo salário, sendo que um investigador vem para o interior, ganha e começa pelo aluguel caro, custo de vida, família e mesmo assim, fazem o que precisa ser feito para dar a sociedade a segurança que ela merece.

E se você tiver alguma informação sobre crimes de homicídio ou tráfico de drogas e quiser denunciar sem se identificar é so ligar 9090 – 8196 5853

 

[nggallery id=450]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui