Veracel Celulose contribui para a formação social de jovens multiplicadores

0
356
Representantes da Veracel Celulose e agentes multiplicadores
Representantes da Veracel Celulose e agentes multiplicadores

Trinta e um jovens dos municípios da área de atuação da Veracel Celulose concluíram o curso de formação de Agentes Multiplicadores e Promotores de Cidadania e Desenvolvimento Comunitário e receberam seu certificado durante cerimônia realizada no dia 27/08, na RPPN Estação Veracel. O curso é fruto da parceria entre a Veracel Celulose e a ONG Instituto Mãe Terra (IMT)  e teve com objetivo apoiar o desenvolvimento do capital humano e social desses jovens e contribuir para o desenvolvimento comunitário.

Com este curso, os jovens com idade entre 17 e 24 anos foram capacitados para atuar em suas comunidades e colaborar com a indução do desenvolvimento local. O curso teve duração total de 340 horas e abordou os seguintes temas: Projeto de Vida e Identidade, Cidadania e Direitos Humanos, Educação, Trabalho, Meio Ambiente, Desenvolvimento Comunitário, Drogas, Violência, Sexualidade, Família, Cultura, Tecnologia da Informação e Comunicação.

Alunos na estação RPPN da Veracel na br 367
Alunos na estação RPPN da Veracel na br 367

De acordo com o consultor de Relações com as Comunidades da Veracel, Pedro Cardoso, a formação destes jovens surgiu da necessidade da empresa de estabelecer um diálogo constante com as comunidades por onde são realizadas as suas operações florestais e os resultados objetivos foram além do objetivo inicial. “O desenvolvimento da região é um processo contínuo e, quando é feito em conjunto, as ações  são potencializadas e se tornam ainda mais sustentável. Por isso, mais do que apenas estreitar o relacionamento com estas comunidades, queremos que cada jovem multiplique as informações aprendidas neste curso com as suas famílias e vizinhos para que o aprendizado seja um agregador de desenvolvimento para a nossa região”, explicou Cardoso durante o evento.

“À medida que as atividades foram desenvolvidas e as relações se fortaleceram, a transformação desses jovens foi notória. Eles passaram a entender as dificuldades de suas comunidades e transformá-las em demandas legítimas, utilizando suas potencialidades para mobilizar soluções de interesse coletivo. Podemos dizer que, agora, eles serão parte das raízes sustentáveis deste desenvolvimento”, completou a gerente de projetos do Instituto Mãe Terra e coordenadora pedagógica do curso, Flaelma Almeida da Silva.

Um bom exemplo disso é a estudante Stephanie Alves dos Santos, 17 anos, que mora na comunidade de Escadinha, em Guaratinga. Após o curso, ela percebeu importantes mudanças no jeito de olhar para si e para a sua comunidade. “Posso afirmar, com certeza, que esse curso foi uma grande experiência de descoberta para cada um de nós. Pude conhecer a fundo os problemas da minha comunidade e isso despertou em mim a vontade de buscar mudanças. Sei que o que somos hoje é, em grande parte, fruto do caminho que percorremos durante a nossa vida. O que vamos ser amanhã vai depender de como vamos percorrer esse caminho”, afirmou a estudante.

Esta atividade faz parte das ações de diálogo ativo entre Veracel e as comunidades de suas áreas de atuação e contribuiu para a formação de oito jovens no munícipio de Porto Seguro, sete em Belmonte, quatro em Eunápolis, quatro em Santa Cruz Cabrália, três em Guaratinga, dois em Itabela, um em Itapebi, um em Mascote e um em Canavieiras.

Alunos sendo orientados na estação RPPN
Alunos sendo orientados na estação RPPN

A especialista em Responsabilidade Social da Veracel, Izabel Bianchi, explica que a proposta do fortalecimento destes laços de relacionamento com as comunidades é ir ainda mais longe. “Sabemos que este é só o início. Por isso, a partir de 2015, estes jovens participarão de um novo curso de formação com foco no associativismo e cooperativismo. A proposta é orientar pessoas da própria comunidade, que conhecem bem a suas realidades, para que eles possam contribuir para o desenvolvimento local”, conclui Bianchi.

Texto e fotos:  ASCOM/VERACEL

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui