As eleições estão próximas, quem serão os representantes de Eunápolis.

0
305
Editorialista PBarbosa
Editorialista PBarbosa

Hoje o que será escrito, será na 1ª pessoa do singular  de qualquer verbo conjugável, e utilizando o 1º pronome pessoal EU.

Eu sou mineiro radicado em Eunápolis há pelo menos uns 20 anos,  a minha vida toda  calcada dentro da comunicação, como engraxate tinha de vender o meu serviço, como açougueiro vender carne, como sapateiro vender um produto, caminhoneiro vendedor de balas e doces e sempre comunicando e finalmente no rádio. Esta profissão eu a adotei no final de 1978  e a minha carteira profissional foi assinada como profissional da área em 1º de julho de 1971, contei  minha história pra chegar onde quero.

Envolvido nos meios de comunicação desde época remota, fazendo noticias, transmitindo noticias, reportando noticias, e agora fotografando e redigindo noticias, não sou melhor que ninguém, mas dou o meu recado.

Radialistas desaparecidos, jornalistas mortos, radialistas mortos  e ainda pude ver o corpo de Ronaldo Santana em cima de uma maca furado de balas, isto por denunciar desmandos políticos, crime até hoje insolúvel, mas não é isto que quero falar; as próximas eleições estão chegando e, candidatos que nunca vieram a Eunápolis estão catando ”votinhos” perdidos, para tentar se elegerem.

Até o momento quem da região representou Eunápolis nas Assembleias federal ou Estadual e que trouxesse realmente benefícios para a cidade. A 1ª deputada eleita e que poderia ter feito muito por Eunápolis, preferiu ser prefeita de Porto Seguro, o eleitor já imaginou que visgo tem uma prefeitura que faz uma deputada virar prefeita, estar mais perto do povo? Quem acredita nesta história, agora Robério vem dizendo que pode fazer muito pela região, quando prefeito de Eunápolis além de todos os processos, ainda, de suas 8 contas municipais 6 delas tiveram de ser aprovadas pela Câmara de Vereadores, senão seria “ficha suja” há muito tempo, aventou-se até que ele poderia candidatar a filha como candidata a prefeita nas próximas eleições caso não registrasse sua candidatura a deputado estadual, a cidade está cheia desta noticia.

Então não é a vontade de defender o povo, não é o dever de legislar em favor do povo, mas sim, a vontade de ter poder  e através dele, o dinheiro. Ao assumir a prefeitura Neto Guerriere teve de abrir um processo conta a administração de Robério por que Eunápolis estava inadimplente em Brasília e não receberia verbas para nada, a não ser para a saúde e educação;

Demoliu a escola Anésia Guimarães com a promessa de nova construção e a referida escola funciona hoje nas dependências do hotel New Max, somente agora o asfalto da av Sudoeste e depois Ayrton Senna, está sendo feito por que Neto trocou o nome da avenida mais uma vez,  estão reclamando a falta de asfalto no bairro Princesa Izabel, que também depois de interdição da pista, foi feita mais uma promessa, e o asfalto foi pra Porto Seguro, pois o prefeito de direito não é o prefeito de fato, o prefeito de fato é outro, e agora: “Quem vai representar Eunápolis nas Assembleias Estadual e federal? Quem tem mais de 60 processos, e o nome limpo na base de processos? Mas a pergunta a ser feita é a seguinte: “Quando é que o povo vai realmente ser representado em todos os setores? Quando as decisões do TCM serão respeitadas pelas Câmaras de Vereadores, é por isto que a Câmara de Eunápolis está sempre vazia, quando é que o povo vai aprender a não vender, mas sim, fazer valer o seu voto? Sempre lembrando de uma máxima popular: “Dívidas verdadeiras e não pagas, sempre serão cobradas”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui