Mastologista fala sobre o câncer de mama, o combate ao mal deste século

0
245
Dr Hugo Cedro – mastologista

O álcool, o fumo, a gravidez de risco, as várias radiações, a gravidez em idade avançada acima dos 30 anos, ou até mesmo não ter filhos, o que pode ser por opção ou infertilidade, isto e muito mais, foi o que o Mastologista Dr. Hugo Cedro definiu como sendo causas prováveis do aparecimento do câncer de mama e, que a prevenção e a melhor medicina, para um diagnóstico imediato e início de um tratamento com grandes chances de sucesso.

Ao falar para a reportagem do rota51.com, Dr. Hugo, disse que antigamente uma menina, já menina moça, começa a menstruar aos 16 anos aproximadamente, e hoje aos 9 ou 10 anos uma menina tem a sua “menarca” menstruação precoce e que também pode ser o causador de câncer no futuro.

A falta de informação, sobre os tratamentos podem ser algo significante para algumas recusas, Dr. Hugo fala que nem sempre um tratamento de câncer de mama, traduz em mutilação, mas que 1 entre 8 mulheres podem pode estar contaminada, e para caso, existe uma forma de diagnostico, pois no momento ele atende a aproximadamente 280 mulheres e, que 80 delas estão fazendo tratamento em Itabuna ou Teixeira de Freitas e, que em Eunápolis pode ter um centro de radioterapia, quimioterapia ou outro, mas é preciso de um convenio público provado, isto pelo fato que o centro de tratamento de Eunápolis foi levado para Teixeira de Freitas, e, que s[ó em Porto Seguro tem 101 pacientes sob seus cuidados.

Com relação ao seu atendimento pelo SUS ou UNIMED, Dr Hugo disse que não é ele que não quer celebrar o convenio, mas que somente alguns dias atrás é que a secretaria de saúde enviou oficio, querendo saber se ele atenderia pelo SUS, ele disse não, por falta de agenda, e, que neste mês de outubro não tem como, mas que em novembro, a coisa pode ser feita, o que não podem é deixar o tempo passar, a saber que Dr. Hugo pela sua competência, é demasiadamente procurado, e o atendimento demanda tempo, em sua explicação ele disse que para chegar ao estágio nesta área oncológica, demanda mais ou menos 12 anos de estudos. E tem muita gente que ainda procura na internet uma cura para um processo tão delicado. A palestra foi direcionada a enfermeiros, médicos e pessoas ligadas ao setor de saúde.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui