Sessão da câmara, hoje 14/06 teve uma sessão ordinárias e 2 extraordinárias, vereadores deram mais um cheque em branco ao prefeito, ele vai deitar e rolar.

0
542
Mesa diretora da CME

Depois do intervalo regimental, falou aos presentes, a secretária de Ação social a Dra. Margot Kunzendorff, ela sim, como advogada e agora secretária, ela faz um trabalho que não tem recriminações, trabalha sério, honesto e ao receber o convite, ela foi falar aos vereadores, sobre a sua secretaria, levou colaboradores, eles falaram do que está sendo feito, e ao final, Dra. Margot, ainda disse esperar um novo convite para demonstrar mais do que foi nesta sessão, irá demonstrar os números de sua secretaria, também falaram Wellington dos Santos Costa, Tom Costa, superintendente de Proteção Básica, Reginalva Almeida Santana Santos albino superintendente de proteção especial, e Indaiá do Brasil Dias Coord. De vigilância socioassistencial. Tom discorreu sobre as atividades do CRAS I, II, III; falou sobre o CAD Único, do bolsa família, das 1700 unidades residenciais entregues a famílias de baixa renda, e do atual mercado de trabalho.

Dra. Margot Kunzendorff
Tom Costa

Reginalva, discorreu sobre os atendimentos de alta complexidade, da luta contra as violações de crianças, adolescentes e idosos, ações do MP e PJ, do centro pop único a ser instalado na região e que funciona até hoje no bairro Santa Isabel e, recanto dos idosos, ao término a Sec de Ação Social, disse esperar um novo convite para que mais ações possam ser mostradas, isto é um trabalho que a sociedade precisa conhecer, pois difere de outros trabalhos.

Reginalva Almeida Santana
Milton Guerreiro

Na fase dos discursos, Jota Batista criticou o índice de reajuste que o prefeito deu para os agentes comunitário que foi de 2,95%, e que o vereador disse que este aumento, não condiz com o trabalho feito pelos agentes. Jota Batista denunciou ainda a falta de medicamentos nos PSF’s, para tanto Jota batista entrou com um novo requerimento de informação integram do processo de comporá e pagamento de medicamentos e com prazo determinado, este requerimento foi aprovado por 9 votos a 8, esta foi mais uma derrota do prefeito Robério, querendo ou não, tá lascado. Em seu discurso, Jota batista criticou que na semana santa, não foram doados peixes e sim, cabeças de peixes e o dinheiro foi pra onde? E que as empresas que trabalham com asfalto que tinham um orçamento de 9 milhões, este valor foi elevado para 12 milhões, e a cidade continua toda esburacada. Também foi aprovado o projeto do vereador J Batista que  institui a “Semana Municipal da luta em defesa das pessoas com deficiência física”.

Jurandir Leite pediu apoio a sua emenda de ao invés de 80% do orçamento de 2019, ele queria que fosse de apenas 30%, desta forma, o prefeito Robério poderá dar as suas “pedaladas” em até 80% do orçamento, ou seja transferir de uma pasta para outra este valor e as pastas que vão ser as mais prejudicadas são mais uma vez educação e saúde, estas mesmas pedaladas foram as que tiraram Dilma do poder, aqui os vereadores, estão vendo as más intenções do prefeito e aprovam.  Jurandir Leite, falou da desativação do SAMU, disse que foi ao CEMEI do alecrim e tem salas que nem lâmpadas elas tem, que os 500 mil da UPA não apareceram, e que até os equipamentos não foram encontrados, pois a única coisa encontrada foi um ar condicionado e assim mesmo está instalado inadequadamente na sala do Secretário de administração. Jurandir leite, disse estar apurando, o desaparecimento de uma maca cirúrgica da UPA, que segundo informações, ela foi vendida, e que o ex prefeito Flávio Baiôco mandou apurar a denúncia, mas como Robério voltou ao cargo a sindicância morreu no meio do caminho. Ouçam o pronunciamento do vereador Jurandir Leite:  https://youtu.be/uK75R0LbugQ

Milton Guerreiro, Paulo Barbosa e Deri Santos

Querubino aprova projeto que concede título de

Da esquerda pra direita Deri Santos e a última equipe Jacarandá

cidadania, ao Sr. Hildeberto Marcelino dos Santos, sendo um dos mais famosos radialistas da cidade,  conhecido como “Deri Santos” e outro título concedido por Arthur Dapé a professora Maria Glória Ferreira Santos, mais conhecida como Glória Poeta, pelo seu livro de poesias “Gotas de Deus”, Glória tem uma luta insana, em favor das crianças com necessidades especiais, e sem nenhuma ajuda do poder público , com tanto dinheiro sendo gasto em campanhas políticas e os deficientes tendo que promover café da manhã, feijoada para sobreviverem, inclusive aos ladrões que roubaram toda a fiação subterrânea da pequena sede.

Houve uma crítica, dando conta de que os vereadores, votaram em 80% do orçamento na gestão anterior, foi quando Jota Batista disse que, quando ele votou, o prefeito da época, Neto Guerrieri, não tinha antecedentes criminais.

Arthur Dapé, viu seu projeto de lei ser APROVADO, pois a prefeitura gasta horrores com recapeamento de buracos na cidade e com as licitações de empresas que  fazem a pavimentação asfáltica, que a partir de agora terão de ter no contrato, uma cláusula que garantira o serviço por no mínimo 5 anos, ou seja, fez novo ou tampou buracos a garantia do serviço será de 5 anos.

O vereador Ramos Filho, como sempre faz seus pronunciamentos, de acordo com a situação, neste caso, mostrou o que é um exemplo administrativo, quando, gerencia mais de 200 colaboradores, mas dá atenção até seus colaboradores mais humildes, o que não acontece com a arrogância administrativa de Eunápolis, ouçam o vídeo do vereador Ramos Filho:   https://youtu.be/9Xqq8mk9RJ4

Um vereador é eleito para defender a sociedade, existem alguns que atiram no próprio pé, e foi o caso do vereador Luizinho, que vendo a situação das licitações, vai a tribuna defender a empresa que está com o transporte escolar, ele tem todo direito de fazer o que quiser, mas deste jeito, será vereador de um só mandato, ele defendeu uma empresa que está sendo denunciada no MP por declarações falsas e, ainda por cima, utiliza ônibus que tem mais de 10 anos de uso, o que é impróprio para o que se destina. O rota51.com publicou na íntegra a denúncia, com documentos e tudo, e agora o vereador vai defender o que está errado, se não tivesse, o Ministério Público não teria aceito a denúncia e nem iniciaria uma investigação, a JTC perdeu pelo mesmo fato.

Todos os projetos da pauta desta 5ª feira foram aprovados em sessão ordinária e nas 2 extraordinárias, vejam como foi a votação:

Pauta da sessão extraordinária.   Os projetos também foram aprovados. Só que o projeto 14 do Legislativo que permitirá alterar nome de próprios públicos teve uma abstenção do Vereador Ramos Filho. Já o projeto 11 do Executivo LDO foi aprovado por 9 votos a favor e 8 contra.

A LDO teve três emendas. Duas foram aprovadas e uma que reduzia o remanejamento de 80 para 30 por cento foi REJEITADA. Foram 9 votos pela rejeição.  Esses mesmos que rejeitaram a emenda, votaram pela aprovação da LDO. Já os que tiveram sua emenda rejeitada votaram contra a LDO. Foram oito.

Votaram a favor da LDO e contra a Emenda: Paulo Brasil, Vavá, Ubaldo, Dudu, Cherubino, Gildair, Jorge Maécio, Zé Miranda e Aderbal. Porém muitos vereadores que votaram a favor da LDO, que é a bíblia do orçamento para 2019, devem favores a Robério, empregos de amigos e parentes, é como diz o velho ditado: “quem recebe milagres, depois tem que beijar os pés do santo”.

Nova sessão da CME na próxima 4ª feira, quando logo depois deverão entrar em recesso, caso haja quórum, a sessão está marcada para 4ª feira 20/06.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui