Clandestinos paralisaram o centro da cidade e culpam o prefeito Neto Guerriere pelo ato.

1
574
Prefeito Neto no dia da reunião com os alternativos na administração (foto Pbarbosa)
Prefeito Neto no dia da reunião com os alternativos na administração (foto Pbarbosa)

O portal de noticias rota51.com esteve presente, na reunião entre o chefe do executivo eunapolitano Neto Guerriere, taxistas, mototaxistas, e representantes dos alternativos também conhecidos como “clandestinos”.

Na oportunidade a reivindicação era de que o prefeito Neto permitisse que os clandestinos trabalhassem sob a égide da denominação de “taxi lotação”. No local, o vereador Jota Batista, disse que o prefeito nada poderia fazer sem antes um projeto neste sentido fosse apreciado, votado e aprovado pela Câmara Municipal de Eunápolis. Porém o prefeito já tinha liberado 23 alvarás de taxis, para que os clandestinos saíssem da clandestinidade e tivessem seus pontos de taxi, para poderem trabalhar e pagar suas prestações, alguns alegam que venderam até suas casas par comprar o carro e agora estão sem trabalhar.

Na reunião Neto disse que tudo que estivessem dentro da lei, e por ela fosse legitimado seria aprovado por ele sem nenhum problema, mas quem ficasse à margem da lei e começasse a bagunçar, sofreria as admoestações da própria lei.

Na manhã desta 3ª feira, os alternativos, fecharam a av Duque de Caxias com Santos Dumont, impedindo a passagem de todos os carros inclusive os ônibus da Empresa eunapolitana, obrigando passageiros a descerem e terminarem seus percursos a pé, a saber que estes mesmos alternativos, recentemente já fecharam a rua em frente da eunapolitana impedindo que os ônibus saíssem ou entrassem na empresa e o prejuízo é grande.

Porém na manhã desta 3ª feira, depois de fecharem a avenida, arranjaram uma caixa de som e um microfone e colocaram as pessoas para falar, jogando a multidão contra o prefeito, o que as pessoas não sabem é que são 23 alvarás para trabalharem sem problemas, mas os alternativos querem ter o taxi, o alvará, mas não querem ponto, segundo taxistas, eles saem de ponto em ponto, passam primeiro pelo ponto de ônibus e carregam todo mundo e, quando os ônibus chegam, os pontos estão vazios. Mas segundo a lei, carros  alternativos tem que ser “vans” carros com mais de 8 assentos, segundo o representante dos alternativos, algumas cidades já tem taxi-lotação, mas isto é uma questão de aceitação de cada prefeito ou Câmara Municipal, já a palavra de ordem nesta manhã foi: “queremos trabalhar, mas o prefeito não quer deixar”, a reportagem do rota51.com, apurou junto aos alternativos, é que o projeto foi enviado a CME para ser apreciado, votado e aprovado, mas na hora, o prefeito Neto Guerriere telefonou para alguém pedindo para retirar o projeto de pauta.

A reportagem do rota51.com, quis saber como é que eles “os alternativos” ficaram sabendo que o prefeito mandou tirar o projeto de votação, e recebeu como resposta, que “uns vereadores”, é quem foram os portadores da noticia, e com medo, não quiseram falar os nomes. Eles esperaram que aparecesse alguém da prefeitura para servir de “Cristo” pronto para ser crucificado diante do povo, mas como ninguém apareceu, foram embora.

A situação fica insustentável, por que os alternativos que receberam os 23 alvarás, não querem ficar nos pontos destinados a eles, o que eles estão fazendo é usar os taxis, mas fazendo lotação, que todos têm e precisam trabalhar não resta a menor dúvida, taxi não pode fazer lotação, então se tornam á lei, clandestinos e, como clandestinos podem ter os seus carros apreendidos, e por isto, as manifestações, mas na manhã de hoje, a reportagem do rot51.com ouviu de algumas pessoas, que mesmo com a situação mais ou menos definida pelos alvarás, estes alternativos estão recebendo incentivos para tentarem criar uma politica de difamação contra o prefeito Neto, e esta campanha pode estar surgindo da própria Câmara Municipal ou de outros setores interessados em desestabilizar o prefeito Neto, mas a reportagem ouviu a mesma pessoa dizer que, Neto está trabalhando muito nos bairros, construindo novos postos de saúde, asfaltando com qualidade alguns setores, onde os moradores nunca pensaram em ver as ruas calçadas, hoje e4las estão asfaltadas e isto está  a visão do povo em relação ao prefeito, portanto, sentar e negociar de forma racional ainda é a melhor solução.

A PM e a GCM estiveram no local, observaram ao longe, mantiveram mesmo á distancia a ordem pública e tudo terminou como começou com muita paz.

 

 

[nggallery id=127]

1 COMENTÁRIO

  1. QUEM ESTA APOIANDO OS CLANDESTINOS E O VEREADOR JOTA BATISTA , QUE ESTA PASSANDO MEL NA BOCA DO PREFEITO E QUANDOP ESTIVER PROXIMO AS ELEIÇÕES AI TRAIR NETO COM A CARA MAS LAVADA DO MUNDO. ELES(JOTA) E QUEM ESTA POR TRAS DOS CLANDESTINOS, DOS SEM TETOS COMANDADO POR ALDO SANTOS , OU SEJA ELE USA OS MOVIMENTOS SUPOSTAMENTE SOCIAIS P CRIAR CONFLITOS NA GESTAO DO ATUAL PREFEITO. OU POR INTERESSE PROPIO OU A MANDO DO SEU VERDADEIRO PATRÃO. O EX PREFEITO!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui