Policia Militar faz blitz no bairro Dinah Borges à noite.

0
675
Policiais fiscalizando e, preenchendo as multas dos infratores /  fotos Pbarbosa
Policiais fiscalizando e, preenchendo as multas dos infratores / fotos Pbarbosa

Muita gente reclama quando a PM faz uma blitz e leva um carro ou moto para o páteo do Detran, muita gente reclama quando é multado na contra mão, outros chegam, até a falar em reincidência, somente os que andam certos é que não reclamam, quando tem uma blitz a documentação está em ordem, quando vêm uma placa de contra mão, obedecem a sinalização e, é deste jeito que se conserta o que está errado.

As blitzes são para tentar pegar alguma moto roubada, algum piloto ou motorista alcoolizado que quando mata um a pessoa ainda quer estar certo, muitas ve4zes uma moto é roubada e em uma blitz é recuperada, ou em outra situação uma moto é roubada para que se cometa um assalto, e no caminho ela é retida.

Uma infração de trânsito nos Estados unidos, além da retenção do veículo, e da multa, o infrator vai parar na frente de um juiz e vai ficar sem dirigir e ainda por cima fazer um curso de direção, para voltar a dirigir, no Brasil um motorista bêbado atropela e mata, ou bate em outro carro e mata uma pessoa, e mesmo sem carteira, vai dirigir pronto para cometer outro delito de trânsito, o Brasil é bom demais, muito condescendente, por isto não custa nada obedecer as leis, a velocidade permitida, ultrapassagem do lado certo, e principalmente não “furar” o sinal vermelho. Isto sem contar que todos sabem, que os documentos t~em de estar em dia e com o piloto ou o motorista, e mesmo assim muita gente ainda deixa em casa e as desculpas não são aceitas.

O rota51.com vai flagrar vários pilotos e motoristas, furando um sinal vermelho, cortando carros de forma indevida e depois vamos ver o que vão reclamar, é por isto que as blitz são necessárias, até que o povo se eduque e respeite as leis de trânsito e a vida humana.

 

[nggallery id=511]

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui