Imprudência causa acidente muito grave na ponte do rio Jequitinhonha, vários mortos e muitos feridos.

0
482
Único paciente a ser transferido para Porto Seguro
Único paciente a ser transferido para Porto Seguro

Segundo informações oficiais da empresa de ônibus, no embarque inicial de passageiros,  o total foi de 43 embarcados ao todo, mas em Camacã,  desceram 7 passageiros, sobraram 35 embarcados  e, este foi o número de pessoas que estavam dentro do ônibus na hora do acidente. A reportagem do rota51.com,  ouviu muitas pessoas, umas que foram ao local, outras que esperavam noticias de passageiros, e do que foi apurado, 5  pessoas foram a óbito no local e os demais, ficaram assim distribuídos: 15 fora atendidos no HGE, 4 ficaram no hospital de Itapebi e 3 foram para o hospital de Itagimirim; a reportagem do rota51.com registrou a chegada de 2 pessoas feridas e que foram socorridas por carros particulares, um homem e uma mulher, uma outra mulher chegou e entrou rapidamente, perfazendo um total de 3 pessoas com atendimentos em carros particulares, outros 5 fazem parte de uma lista que nem foram ao hospital preferiram ir para casa direto sem nenhum atendimento, apenas uma pessoa em estado mais grave, foi transferida para o HLEM de Porto Seguro, mesmo assim segundo informações, ninguém que foi atendido no HRE corre risco de morte, alguns foram para o atendimento conversando normalmente.

A lei e as responsabilidades de irresponsáveis.

Segundo informações, o que causou o acidente foi uma Kombi, que tentou uma ultrapassagem com o ônibus, na cabeceira da ponte do rio Jequitinhonha, mas deparou com um carro no sentido contrário e na tentativa de retornar á pista anterior que era atrás do ônibus, a Kombi acabou batendo na traseira do ônibus, jogando este contra a mureta da ponte e o ônibus caiu dentro do rio. Os passageiros que foram salvos, um rapaz quebrou o vidro, se cortou todo e saiu, com apenas uma porta de emergência como em todos os ônibus, segundo informações, pescadores quebraram os vidros com facões e ajudaram os feridos a saírem do ônibus sinistrado, dentre os mortos, uma pessoa identificada foi a irmão de Dr. Clinauro e o ex-vereador Claudionor Nunes foi a Sra. Maria Madalena Nunes Nascimento a outra irmão que também viajava no ônibus sofreu ferimentos e está na lista dos atendidos no HRE. DSC016

O Secretário de saúde mobiliza todos da saúde para este atendimento emergencial O Secretário de Saúde Dr. Mário Gontijo, elogiou muito a sua equipe e falou a reportagem que enfermeiros, médicos, auxiliares de enfermagem ao saberem da noticia, muitos até mesmo com roupas caseiras, vieram, em solidariedade, trabalhar para fazer um atendimento mais urgente e minimizar o sofrimentos das vítimas e dos parentes. Também monitorando o atendimento das ambulâncias do SAMU, estava o médico Dr. Carlos Sarquis que é o Coordenador médico do SAMU.

Comentários da redação.

Se as promessas políticas tivessem sido cumpridas, o HRE tinha a sua UTI, e se for observar bem, a Veracel doou um dinheiro muito volumoso para que o HRE ficasse pronto, só resta agora o Ministério público, iniciar uma investigação para saber que não houve desvios de verba na reforma do HRE, pois foi dinheiro do Governo, da Prefeitura, do ex-Presidente da Câmara Claudionor Nunes devolveu ao Município mais de 1 milhão de reais e, fora a promessa de Jaques Wagner que prometeu e não cumpriu, ou se cumpriu enviando o dinheiro da UTI, a grana também sumiu. Mas com todas estas adversidades, o HRE está funcionando, o atendimento neste trágico acidente foi primoroso, mas só faltou a UTI que o prefeito Neto, ao invés de esperar promessas  ou esperar a justiça trazer o dinheiro de volta, aos poucos vai colocando ordem na casa e a UTI é quase uma realidade e, quando a UTI ficar pronta para o atendimento de pacientes, vai ser muita cara de pau ou falta de dignidade alguém chegar e dizer que é o pai da UTI, pois as mortes até o momento por falta da UTI, ninguém quer assumir, mas esta irresponsabilidade tem nome. OBS: Algumas fotos foram feitas pela equipe do rota51.com na porta do HRE e outras do local do acidente, foram enviadas por internautas via WhatsApp ( zap-zap)  (73) 9803 5867.

 

[nggallery id=666]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui