Familia de menor morto pede justiça.

0
646
Leo em foto tirada em maio deste ano.
Leo em foto tirada em maio deste ano.

Segundo a mãe e o pai do menor Leonardo de Jesus Nascimento 15, que segundo informações foi morto em um confronto com a PM, o menor Leonardo, não tinha nenhum tipo de envolvimento e nem arma, na realidade, alguns  jovens de hoje  tem dupla personalidade, para os familiares e vizinhos,  são excelente, mas junto com a “turma” a coisa é muito diferente.

Para o pai de Leonardo, sr. Zé Carlos Cesário, o filho era um jovem normal sem envolvimentos e que foi morto pela policia, mas ele não acredita em confronto, pois o filho não tinha arma, por outro lado como falou á reportagem a mãe e o pai do jovem, o fato aconteceu noite de 2ª feira 10/11, por volta das 22h30m, e que eles tão logo tomaram conhecimento da morte do filho, foram até o IML no outro dia 3ª feira em torno do meio dia e, não encontraram o corpo do filho como também não estava no IML, o corpo de Leonardo só foi aparecer na 3ª feira por volta das 14hs e todo machucado.

A mãe de Leonardo ainda disse que o celular dela que estava com Leonardo sumiu, como também sumiram a bicicleta e as sandálias que ele usava. Zé Carlos pai de Leonardo so vai ficar sabendo de alguma coisa, segundo ele, no sábado quando deverá encontrar com o delegado Dr. Marivaldo que estava de plantão no dia da morte do filho. Zé Carlos é pedreiro  e disse que sempre carregava o filho para onde estivesse trabalhando,  e que, a moto que a policia estava procurando, não estava com o filho. O que se comenta é que o confronto entre Leonardo e a policia aconteceu na ladeira entre o Alecrim I e II, mas que o revolver que deveria estar com Leonardo neste confronto, segundo os pais, ainda não apareceu, agora a família disse que quer justiça. O pai de Leo, como era conhecido, tem uma cápsula e um projétil usados no confronto.

menor alvejado
menor alvejado foto 7ª CIPM

A reportagem do rota51.com esteve no bairro Alecrim, por causa de uma movimentação que os moradores fizeram na av principal, colocando fogo em madeira no asfalto e a PEOT estava no local resguardando qualquer outro incidente que por ventura viesse acontecer, mas a movimentação foi pacífica. As fotos exibidas nesta matéria do menor, tem a autorização do pai Zé Carlos quando o mesmo segurou a foto para ser fotografada.

Novas informações

Tão logo a reportagem do rota51.com chegou do bairro Alecrim,  também chegava a informação de que com o menor logo após o confronto, a policia apreendeu um revolver calibre 38 com numeração suprimida. De um lado a informação da família, do outro a confirmação do confronto.

 

 

[nggallery id=682]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui