Câmara Municipal recebe laudo da Geocia Ambiental, lençol freático está contaminado.

0
582
Poço artesiano ligado, água ja sai com gasolina
Poço artesiano ligado, água ja sai com gasolina

O portal de noticias rota51.com foi o primeiro site a levantar a lebre e fotografou o vazamento de água de um poço artesiano com vazão misturada de gasolina. A reportagem foi até a eletrônica Varjão, e fotografou a referida vazão.

O dono da eletrônica de forma receptiva recebeu a reportagem e mostrou o seu problema, quando o seu comércio e residência, está totalmente prejudicado pelo tal fato e desde então arrasta-se pesquisas, testes, denúncias, mas agora saiu o resultado final, “o lençol freático da região está todo afetado pela contaminação de gasolina na água”.

A confirmação do ato, chegou á Câmara Municipal de vereadores na sessão desta 5ª feira, nas mãos do vereador Jorge Maécio, através de um laudo pericial de uma empresa de Salvador, a Geocia ambiental que confirmou a contaminação do lençol freático por gasolina.

Reunião na Sec. de Meio Ambiente com técnicos da Geocia ambiental.
Reunião na Sec. de Meio Ambiente com técnicos da Geocia ambiental.

Agora só resta saber de onde vem a gasolina, sabe-se que antigamente havia no inicio da rua 5 de novembro, em frente a um bar, um posto de gasolina e que os tanques, com certa reserva de combustível, não foram retirados, mas sim enterrados no local, e se for deste poço, que atitude tomar? Quantos anos levará para uma descontaminação total? Quem ficará responsabilizado de retirar os tanques? Qual a punição deverá ser aplicada por tão irresponsável desleixo ao responsável pelo ato? E o dono da eletrônica Varjão como deverá ser ressarcido pelo tamanho prejuízo?

Agora com a palavra o Ministério Público, para se saber qual atitude tomar, por outro lado, vereador Jorge Maécio entrou com um projeto de lei, que além de pedir uma fiscalização mais austera, define responsabilidades, já que Eunápolis de uns tempos para cá, está infestada de Postos de gasolina, Robério mesmo afastado de suas funções como chefe do executivo assinou autorização para dois novos postos, um na avenida Norte e sul e Outro no Dinah Borges e os seus proprietários só puderam retomar asa construções depois de realizarem novos pedidos e a Secretaria de Meio Ambiente refazer todos os estudos para a tal aprovação, mas mesmo assim ainda é um perigo muito grande para as residência ligadas aos referidos postos, o vereador Jorge Maécio de posse do laudo, reafirma a necessidade de uma maior investigação para a liberação de novos postos de gasolina.

[nggallery id=686]

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui