OAB – Subseção Eunápolis e Seccional Bahia – realizará manifestação em defesa de Indenizações Justas no âmbito do Juizado Especial de Eunápolis

0
338

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Bahia e Subseção Eunápolis, realizará um ato de mobilização da advocacia contra as indenizações ínfimas no âmbito do Juizado Especial da comarca de Eunápolis.

Essa manifestação da advocacia tem o espoco de estabelecer um canal de diálogo com os magistrados, bem como de envolver à sociedade, buscando a conscientização e sensibilização sobre a importância de indenizações justas e dignas.

O movimento mobilizará a advocacia regional e serão disponibilizadas bótons e  camisas pretas com a frase “*Indenizações ínfimas matam a Justiça”*

A mobilização ocorrerá no dia 19 de julho, às 09:30 horas, na sede do Juizado Especial da comarca de Eunápolis.

O ponto de encontro será na sede da OAB/Eunápolis, oportunidade em que teremos um delicioso café da manhã antes da manifestação.

Contará com a participação de representantes da Subseção Eunápolis; Seção Bahia e do Conselho Federal da OAB.

O ato será encerrado com uma visita do grupo às Varas dos Juizados, levando palavras de conscientização e apoio em defesa da valorização das indenizações.

OAB/Eunápolis: Projeto “OAB vai à Escola” reúne quantidade significativa de alunos no IFBA *

Na manhã de quinta-feira (12/07), a OAB/Eunápolis, através da comissão de Direitos Humanos e do Conselho Consultivo dos Jovens Advogados, realizou no auditório do IFBA/Eunápolis o projeto ‘OAB vai à Escola’.

Na oportunidade, os advogados Allan Brandão, Bárbara Bindelli e Leonardo Sampaio abordaram os temas “O uso consciente das redes sociais/internet e preservação do patrimônio público”.

A atividade, que é um desdobramento da parceria firmada no ano de 2017 entre o Instituto e a OAB, apresentou aos alunos noções básicas de direito constitucional, responsabilidade civil e penal quando do uso das redes sociais e internet, enfatizando ainda a importância da consciência na rede mundial de computadores. Ainda, foram pontuados os aspectos criminais em relação a depredação do patrimônio público. 

“O IFBA sempre nos recebeu muito bem. Os alunos se mostram curiosos em relação aos seus direitos e obrigações. Isso só reforça ainda mais a ideia de que precisamos criar mecanismos para fazer com que a OAB ultrapasse os muros da entidade e proporcione à sociedade este tipo de conteúdo. Mais do que nunca precisamos falar sobre direito constitucional, direitos e deveres do cidadão para que possamos conscientizar ainda mais os jovens”, frisou o advogado Leonardo Sampaio.

ASCOM OAB – BAH

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui