Em comemoração aos seus 25 anos, a ASDEF promove simpósio de inclusão social

0
478

A Associação dos deficientes de Eunápolis comemorou hoje (25) o 1º Simpósio da ASDEFE, em parceria com o julho vermelho, considerado mês do deficiente.  Atualmente, o grupo atende dezenas de associados só da cidade, mas há mais de quatro anos está recebendo muito pouco incentivo financeiro para seguir com as atividades e assistências. A advogada Jamile Novaes, que também é cadeirante, realizou uma belíssima palestra sobre os deficientes, além disso, os presentes puderam desfrutar de um café da manhã na sede do grupo, que fica na Rua Alexandria, Dinah Borges, ao lado do posto do Taxista.

É muito importante também cuidar de quem cuida dessas pessoas e quanto mais atenção e carinho eles receberem, mais confiantes eles estarão para seguir”, terminou a advogada Jamile Novaes.

Segundo George Matos, responsável pela associação, a ASDEFE faz um importante trabalho com a sociedade. Ele lembra que o maior problema encontrado por eles hoje é financeiro e faz um apelo. “A sociedade, o Poder Público, os políticos, empresários, não podem fechar os olhos para os menos favorecidos. Fazemos um trabalho voluntário com o maior carinho do mundo, contudo precisamos de recursos para dar continuidade ao mesmo”. Quem quiser ajudar, poderá fazê-lo diretamente na sede da associação.

Estiveram presentes no evento os vereadores Jota Batista, e Arthur Dapé; também prestigiaram a festividade o proprietário do jornal NOSSA CARA, Urbino Brito, a Contadora Rita Curvelo, Liderico Neto, e também a senhora Emília Loureiro.

O vereador Jota Batista fez uma palestra voltada ao seu projeto “Julho Vermelho” que visa a valorização dos deficientes em Eunápolis.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui