Corrente do bem se encontra outra vez e, discute ações para o progresso de Eunápolis.

0
574

Mais uma vez, integrantes, simpatizantes e até mesmo pessoas que não conhecem e que queriam conhecer o que é a Corrente do Bem, estiveram nesta noite de 5ª feira 02/08, no espaço Damázio, para mais uma rodada de palestras, com assuntos relevantes, buscando o fortalecimento e ideia, que possam ajudar a aumentar o crescimento da cidade como também discutir temas que podem ajudar as futuras administrações eunapolitanas.

Mestre de cerimônias mais uma vez foi neto Guerrieri, que deixou bem claro a todos, que este projeto da “corrente do bem” não é propriedade de Neto Guerrieri, mas sim, de toda a comunidade, não importa quem seja o prefeito ou vereadores, mas todos terão de estar ajustados com as metas traçadas para o desenvolvimento da cidade e, não para o desenvolvimento da cada um, que busca não só a notoriedade político pessoal, mas o enriquecimento nas costas da cidade, dos impostos do povo, licitações fraudulentas, e outros crimes que nunca trazem o desenvolvimento da cidade como ela precisa e merece.

Para tanto estiveram palestrando sobre o desenvolvimento econômico da cidade, o prof. Jefferson, professor da área econômica da Unisulbahia, que discorreu sobre os diversos pontos mais importante que uma cidade precisa para se desenvolver, citou ainda as empresas que ajudam o crescimento de Eunápolis, embora o país esteja sofrendo uma crise elevada, mas a região ainda é auto sustentável, o que precisa é de mais incentivo na área rural, com a produção de mandioca, coco, fruticultura que ajude o desenvolvimento do setor na região,  mel de abelha dentre outros, pois a apicultura é um setor que perdem muito dinheiro, pela falta de apoio e incentivo. Prof. Jefferson apresentou algumas planilhas aqui expostas, que traduzem o sentimento da corrente do bem, no crescimento da região, sendo que Eunápolis por estar às margens da BR 101, une a costa do Descobrimento setor de turismo e hoteleiro, Espírito Santo e Minas Gerais. Em aparte nesta palestra, Neto falou da capacitação de pessoas que precisam estar prontas para o setor de trabalho, do apoio da Veracel para a implantação do SESC e SENAI, para ministrar cursos de capacitação de mão de obra, falou do IFBA, da faculdade de medicina, que dentro em breve, trará novas clínicas como oncologia,cardiologia, dentre outras, viabilizando uma melhor condição de atendimento na saúde do município. Prof. Jefferson disse que Eunápolis está dentre as 10 maiores cidade produtoras do país, mas que o distrito industrial de Eunápolis ainda é muito burocrático e, que Neto quando prefeito buscou implantar um distrito industrial municipal e com isto arregimentar empresas com maior facilidade de implantação na cidade, gerando mais empregos e rendas.

Depois foi a vez da sra. Ciça Guerrieri que fez as devidas apresentações e falou sobre uma área em que ela, fez um trabalho excelente que foi a Assistência Social, isto depois de ter comandado a Vigilância Sanitária e o CCZ, já que além de ser concursada do município, ainda é médica veterinária. D. Ciça falou sobre a “segurança social” um dos temas mais debatidos do momento em todos os setores, que á a violência infantil juvenil e feminina, D. Ciça citou por exemplo o abuso sexual, explicou os trabalhos feitos no SUAS do sistema único de saúde, do CRAS, entidade esta que tem a responsabilidade de atender a toda cidadã, em todos os momentos e necessidades, o CREAS, que tem a responsabilidade de atender as crianças carentes não só de alimentação, mas também com carência familiar quando esta é desassistida, pelos pais e, é aí que poder público entra com um trabalho primoroso dentro dos lares para uma melhor assistência especial. De acordo com D. Ciça, cada CRAS tem por obrigação de atender 5 mil pessoas e Eunápolis só tem 2 unidades, 1 no Alecrim e outro no Noises Reis e uma casa na Colônia. Para tanto cada unidade precisa ter 2 assistentes sociais, 2 psicólogos, 4 técnicos de nível médio e 1 coordenador. Neste trabalho, D. Ciça citou o maestro Antônio e seu trabalho como professor de música no CRAS, falou do atendimento de 80 casos de agressões a mulheres e destacou o centro POP, para o atendimento a moradores de rua, que em 2015/2015 atendeu a mais de 150 casos.

Ao final de sua palestra, Neto Guerrieri apresentou o jovem Brener, graduado em RH, e que trabalha em uma terceirizada da Veracel, que se dispôs a fazer parte do programa, na busca de ideias e melhorias, que possam se unir para o bem da cidade e com isto o crescimento da região, a corrente do bem, já está sendo procurada por marqueteiros, para que, estes tenham uma ideia de como levar para suas cidades, a ideias inovadores e políticas, para o bem de suas regiões.

Com as palestras desta 5ª feira, já falaram Profª Jaqueline Varjão que falou sobre educação, Anara Sartorio falou sobre saúde, Prof. Jefferson sobre desenvolvimento econômico e D. Ciça sobre segurança social, para nova reunião outros assuntos serrão debatidos todos em favor da cidade, promovidos pela “Corrente do Bem”. Ao final, o ex prefeito Neto, agradeceu a presença de todos, inclusive os que foram espionar, solicitando que estes levem aos seus chefes, as ideias inovadoras para o bem da cidade.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui