Leur Lomanto Jr, levantou uma tese que ninguém falou dela, o legislativo a lavajato eo financiamento de campanhas.

0
247

A reportagem do rota51.com fez uma entrevista (vídeo) com ramos filho e Leur Lomanto Jr, mas como houve um problema de vídeo, a reportagem em síntese é esta.

Dentre os assunto falados na reportagem, Leur Lomanto candidato a deputado federal e, com vários mandatos domo deputado estadual, disse que pra começar a consertar o país é preciso antes de tudo cortar na carne, começando por diminuir o número de deputados federais, de 513 para a metade ou menos um pouco, é a favor da Lavajato, pois político desonesto precisa ser punido, pois a desonestidade política não pode contaminar a sociedade como um vírus que tem antídoto, mas ninguém usa; que o financiamento das campanhas precisa sair das mãos do poder público pra o privado, pois quando a união deixar de financiar campanhas, vai sobra dinheiro para a saúde e a educação dois pontos cruciais do governo brasileiro e ninguém se dá conta de que, gasta-se muito onde não precisa enquanto o  brasileiro morre nos hospitais por falta de atendimento, enquanto a educação é de má qualidade, o dinheiro vai para campanhas políticas e que muitos políticos não fazem bem o dever de casa.

Ao falar da família, ele disse que descende de políticos como seu avô Lomanto Junior que foi, vereador, prefeito de Jequié várias vezes, governador do Estado e deputado federal e seu pai teve o mesmo caminho e agora ele segue à risca a tradição política da família, sempre em favor do povo brasileiro. De outra forma, LEUR Lomanto Jr, disse que em Ramos Filho ele deposita total confiança, se for pra deputado e principalmente para prefeito.

Já Ramos Filho, seguindo a mesma linha, falou do velho Ramos, dos ensinamentos adquiridos do pai, da seriedade de José Ramos, e disse que dentro do setor privado, ele está fazendo o melhor, ampliando o hospital para dar ao eunapolitano uma melhor qualidade de vida, mesmo que seja no setor particular, mas na vida política, ele quer trabalhar de modo a não triar a memória de Jose Ramos, que quando deputado, trouxe para Eunápolis a emancipação da cidade.

Ramos Filho, disse que para trabalhar ele acordará de madrugada se for possível, mas que administrar bem os seus negócios, deixados pelo pai, onde ele quer fazer de tudo par manter de pé a memória do velho Ramos e na vida política, ele quer ter tempo para cuidar da sua cidade, da mesma  forma como pai cuidaria, e quanto ao seu apoio a Leur Lomanto Jr, ele apoia por saber que está apoiando também um político sério, que tem sua vida pautada dentro dos parâmetros da honestidade, da transparência e da força do seu trabalho.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui