Quando as estatísticas dizem que Eunápolis é a 2ª mais violenta do Brasil, a amostra está aí.

0
993

Muita gente não acredita, ou dizem que é algo variável, e não é por falta de autoridades não, é por falta de leis, e com isto, pois quando a justiça faz justiça, as leis cheias de “janelas”, dão passaporte para a violência.

Foi o que aconteceu na tarde desta 3ª feira 18/09, quando o mototaxista Emerson Ferraz, estava em seu ponto em frente ao HRE, e chegou um rapaz, pedindo que fosse levado até o atacadão Rondelli ao lado do Posto Desejo, na BR 101.

Chegando no local desejado, Emerson, deparou com mais 2 elementos, e neste momento veio a voz de “assalto”; do mototaxista levaram o celular e uma “porchet” com mais ou menos 200 reais, mas o pior ainda estava por vir, os assaltantes, talvez com raiva da pouca quantia em dinheiro, porque é mais fácil roubar do que trabalhar e, neste momento o trabalho alheio não tem nenhum valor, deram no mototaxista 7 facadas e um tiro, que pegou de raspão.

O fato aconteceu por volta das 14 horas e imediatamente Emerson foi trazido até o HRE onde até por volta das 18hs, ele ainda estava na mesa de cirurgia, sendo operado. Como o HRE não tem uma assessoria de imprensa para dar informações destra natureza, somente os familiares de Emerson, com quem a reportagem falou, sabem da real situação do trabalhador assaltado e ferido.

Tanto a polícia civil quanto a PM tem feito um trabalho admirável na cidade, a Civil como polícia judiciária, responsável pelas investigações, através de sua especializada “territorial”, agora já está trabalhando para tentar descobrir quem são os assaltantes, por outro lado a PM, tem colocado nas ruas o maior número de viaturas possível, para evitar estes fatos, em muitas ocasiões, a PM tem parado muitas pessoas nas ruas, dando o famoso “baculejo”, mas como ninguém tem estrela na testa, os fatos vão acontecendo e as estatísticas aumentando. Até o momento, não tem nenhuma ideia dos motivos e dos assaltantes.

As fotos desta matéria foram tiradas da rede social da vítima.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui