Em Itabela: Polícia Militar prende 03 mulheres por crime eleitoral. Campanha Pró Lula.

1
733

Itabela – Por volta das 10hs:00m da manhã desta quarta-feira dia 03/09, os policiais militares da guarnição do 4º pelotão da PM de Itabela, recebeu uma informação de que haveriam mulheres fazendo campanha eleitoral em prol da eleição do ex-presidente, e então encarcerado, Lula.

Assim que foram notificados do crime, saíram para averiguar e chegando na região do mercado central, constataram que Geane Alves dos Santos, Maria da Penha Barbosa da Silva e Roseni Barbosa da Silva, ambas do município de Teixeira de Freitas, cometiam o crime eleitoral, fazendo campanha política para quem não irá concorrer às eleições pelos próximos 20 anos.

As correligionárias do PT, estavam de posse de material para panfletagem contendo a foto do candidato à deputado estadual, BIRA CORÔA, e no verso dando conta de que o ex-presidente seria candidato sim, pois consta no impresso LULA PRESIDENTE, sendo HADDAD seu vice, chapa essa montada para concorrer às eleições presidenciais em 2018, e com a decisão da manutenção da prisão a chapa mudou, passando Fernando Haddad para presidência e, sua vice sendo a Manuela D´Ávila.

Ao serem questionadas sobre o crime que estariam cometendo em propagar a falsa possibilidade de Lula concorrer às eleições, as irmã confirmaram ter plena ciência, mas segundo elas estariam recebendo a bagatela de R$ 400,00 por 15 dias de trabalho, enquanto Geane, havia sido recrutada recentemente e estaria inocente na história, pois a mesma achava que estaria apenas desenvolvendo um trabalho neste período eleitoral e nada mais. Geane imaginava receber R$ 200,00 por esses últimos 4 dias de campanha, agora junto com as amigas e conterrâneas estão à disposição da justiça.

Fatos como estes estão acontecendo em todo país, e com toda certeza toda força policial envolvida no processo Brasil à fora, farão como os policiais militares do 4º Pelotão da PM em Itabela, impediram que ações de qualquer grau criminoso seja propagado.

Por: Raphael Freitas

 

 

 

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Infelizmente elas são vítimas também do PT, com suas maracutaias, deixaram a região sem meios de subsistência, destruíram as possibilidades de gerar mais empregos com sua geração de novos impostos a cada dia, e o resultado é esse, mesmo sabendo do crime que cometiam, para sustento seus e de seus familiares, se sujeitaram a cometer tal ato ilegal. A Justiça infelizmente pune apenas a elas, mas deveriam punir também os criminosos dessa quadrilha chamada Partido dos Trabalhadores.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui