Secretaria de turismo de Porto Seguro barra a entrada de professores para irem à praia.

1
994

É uma coisa estranha, os professores que foram assassinados em Porto Seguro, até hoje não viram por parte das autoridades, a prisão dos seus assassinos, é como se o professor não tivesse valor algum, embora este redator, sinta o maior orgulho de ser ainda hoje ser chamado de “professor” por alguns alunos e que não são poucos, pois lecionei no antigo Anésia Guimarães, Eloina Barrada e no antigo Montes Pascoal a convite do saudoso professor Jairo e, confesso que ser professor é um orgulho sem tamanho, é uma felicidade que só a morte apaga.

Mas de repente nos chega uma notícia, inclusive já veiculada no rota51.com, que a secretaria de turismo de Porto Seguro, barrou a entrada de uma van, cheia de professores, que foram à referida cidade, para um fim de semana reparador, pois se existem administradores desonestos, não são os professores os culpados, às vezes o professor ensina de um jeito e o aluno aprende de outro, e não se sabe o destino dos referidos professores. Turistas de grandes empresas, vão para os hotéis mais caros, mas os demais, sempre procuram as pousadas mais simples, e esta pousadas poderão ser as mais prejudicadas.

Porém, existe uma saída, Prado, Alcobaça, Cumuruxatiba, Nova Viçosa dentre outras, e quando mudar o prefeito, vocês retornam ao patrimônio natural de propriedade brasileira, pois tem-se a certeza de que serão tão bem recebido quanto…

Agora todos já sabem, que se não for ônibus das grandes empresas, os ônibus particulares ou vans que forem a Porto Seguro para um fim de semana reparador, não podem entrar, se não pagarem uma espécie de pedágio. Só que estes inteligentes arrecadadores de dinheiro, não imaginam que os turistas, ao comprarem em Porto Seguro, pagam todos os impostos devidos e, que se esta medida tivesse sido implementada antes das eleições, Larissa teria tido menos votos ainda, pois esta é uma medida impopular, pois fere o direito constitucional de ir e vir, a praia não é da prefeitura, mas sim da união, e que a prefeitura apenas administra, até parece que esta é uma forma de colocar mais dinheiro nos cofres públicos, para encobrir os 16 milhões da Operação Gênesis da Polícia federal, um absurdo mais este tipo de bitributação, pois com tantos impostos que o brasileiro paga, agora tem mais esta impopularidade da prefeitura, pois deste jeito, se tentarem candidatar Larissa para prefeita, podem esquecer, pois o nome forte da popularidade é Luigi Rottuno, de um dos Resorts mais conceituados da cidade.

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O que esta acontecendo em Porto Seguro este fim de semana, vai ter repercução negativa no fim de ano, logo na chegada a cidade um posto arrecadação tributaria sobre onibus, micro onibus e vans, quando nós da região não sabia-mos, como o turista de outras localidades poderiam prever, nas barracas de praia de Arraial, consumaçao minima de R$200,00 e sem um fiscal, eles estavam correndo atras de onibus para estorquir, cerveja a R$18,00, um mal cheiro de esgoto por todo o Arraial, e tambem na estrada da balsa, antes da eleição podia estacionar no parque em frente o Cambui, passada as eleições colocaram cerca, criando um caos no transito sem ordenamento, triste fim dos fraternos, vai ficar a real impressão, caos, e as obras eleitoreiras continuam paradas, um grande trecho da estrada da balsa asfaltada pela metade, e as lombadas sem sinalização causando muitos acidentes a noite, escrevam, vai morrer alguem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui