Câmara Municipal recebe alunos de escola municipal, e é palco de discursos inflamados.

0
186

Depois da chamada e havendo “quórum”, foi lida a Ordem do dia e depois as matérias da pauta pelo diretor legislativo Milton Guerreiro, logo em seguida as correspondências e o intervalo regimental de 15 minutos.

Logo em seguida iniciaram os discursos, iniciando por Jota Batista que criticou as incursões da Polícia federal em Eunápolis e mais uma vez em busca de documentos envolvendo as licitações ilícitas na cidade. Nas denúncias do vereador a empresa JBS mais uma vez foi citada e como exemplo Jota disse que, a empresa ganhou uma licitação no valor de R$ 350.000,00 reais e meses depois a licitação foi impugnada e empresa descredenciada e algum tempo depois a empresa assinou um contrato de emergência, no valor de R$ 1. 510.000,00, Jota Batista disse que como a licitação o valor era pequeno e não dava para alimentar o desnecessário, o aumento fez aumentar os outros valores mais necessitados, tendo em vista a Polícia Federal, ter mais uma vez, vindo atrás dos documentos da licitação.

Milton Guerreiro diretor Legislativo da CME
Vereador Ramos Filho

Arthur Dapé, iniciou seu discurso, se colocando á margem das críticas envolvendo o nome de seu pai o ex prefeito Paulo Dapé, dizendo que tem RG e CPF próprios, e continuou falando sobre o fechamento da Escola Clériston Andrade, segundo notícias chegadas ao seu conhecimento.

Já o vereador Jurandir leite, falou sobre as praças do Pequi, o descaso do governo municipal, de seus custos e do que está sendo feito no local, já que antes havia denunciado o sumiço das pedras portuguesas que estavam ali e desapareceram, e segundo informações as referidas pedras, foram parar em uma fazendo da região. Mas até hoje o executivo não desmentiu o vereador e nem tampouco disse onde estão as pedras e se elas voltarão ser colocadas no mesmo lugar, Jurandir foi solidário ao vereador Ramos Filho sem eu discurso que foi transmitido ao vivo com exclusividade pelo portal de notícias rota51.com e que de repente rivalizou nas redes sociais, mas que está nesta edição em matéria específica.

Jorge Maécio, por sua vez, também se solidarizou com Ramos Filho, dando conta de notícias falsificadas as chamadas “fakes”, dando conta de que recentemente foi alvo de uma delas, chegando até preocupar sua genitora, quando disseram que a Polícia federal estava na Urbis à sua procura, foi um problema sério desmentir a notícias, só que no caso de Ramos Filho a notícia não era fake, mas sim denúncias infundadas ditas em uma emissora de rádio, e como Ramos Filho não leva desaforo pra casa, saiu em sua defesa e sua família, falando a idoneidade familiar da qual ele é oriundo e o bicho poderá pegar ou não.

Representantes da OAB, Dr. Wellingtom Ricardo e Dr. Wanderson Barros

Guardas Civis Municipais

Guardas Municipais, foram á CME buscar ajuda dos parlamentares, para ver se o prefeito Robério, mostra a sua condição administrativa, e coloca os GCMs para trabalhar, devidamente uniformizados, e com os carros necessários para um bom trabalho, pois o prefeito Neto quando entregou a prefeitura deixou 13 carros novos e uma Amarok depois o prefeito comprou mais 8 carros e até hoje não se sabe onde estes carros estão sendo utilizados, é preciso que Polícia federal retorne a Eunápolis, vá até o setor de patrimônio da cidade e exija que estes carros sejam estacionados no pátio da PME e mostrados seus locais de trabalho e está faltando muito pouco para isto acontecer, basta que o vereador Xinha que atendeu aos GCMs,  faça a sua parte e faça um trabalho que um bom vereador precisa fazer sem precisar se render  ao prefeito, pois se Xinha não denunciar no MP tem gente que irá fazer a referida denúncia.

Jota Batista e as denúncias contra o município e a JBS

O professor de história, Andrê Machado Otero, da escola municipal Arnaldo Moura Guerrieri, na manhã desta 5ª feira 08/01, levou 3 turmas de alunos para conhecer de perto os trabalhos legislativos, e ver de perto, os nomes que compuseram a CME desde a emancipação de Eunápolis, tanto na prefeitura quanto no legislativo.

Depois foi feita a votação da Ordem do Dia, e nas fotos, o que foi votado e aprovado, nova sessão da CME na próxima 5ª feira 15/11, às 08h e 30m, na CME av Artulino Ribeiro bairro Dinah Borges.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui