PRF e SEST/SENAT, montam equipes de educação nas estradas e rodovias.

0
342

Nesta 4ª feira 14/11, uma equipes da PRF e do SEST/SENAT, estiveram na BR101, no circuito do Pedrão, onde carros eram parados, documentos verificados e depois um determinado número de condutores, ia para o ônibus estacionado no local e, participavam de uma aula educativa de domo se comportar nas estradas, ou seja, como dirigir, como respeitar as leis e os demais carros e motos em movimento, enfim, era uma aula educativa, para pelo tentar, diminuir o número de acidentes com vítimas, às vezes com ferimentos leves, às vezes em estado de mutilação permanente, e em outras vezes vítimas de óbito no local do acidente.

Logo após, depois de assistirem às aulas, os condutores presentes, iam para uma conversa com os policiais, para conhecerem de perto o novo bafômetro ou seja, o novo “etilômetro” que é a mesma coisa, mas com certa diferença, este novo modelo usa apenas o ar. Porém o que se vê, é que estas aulas, este esforço todo, dá muito pouco resultado, pois quem roda pelas rodovias, vê sempre condutores de carros e motos, cometendo excessos colocando em risco a vida de terceiros.

Mas para ver todas estas imprudências do trânsito, basta rodar na cidade, e poderão ver motos cortando ou ultrapassando pela direita, motoristas que não respeitam as faixas de pedestres, motoqueiros e mototaxistas rodando com a viseira do capacete levantado, e quando são multados reclamam e querem que as multas sejam retiradas, mas sabem que as leis servem ao país inteiro, mas aqui as leis devem atender ao infrator.

Mas quando uma multa é lavrada pela PRF, não tem onde reclamar, somente depois da multa paga é que o condutor fica livre, é preciso que doa no bolso, para as leis sejam respeitadas, mas isto so acontece no Brasil, o país do “jeitinho brasileiro”, pois quando a pessoa vai a um país de primeiro mundo, uma infração pequena, dá tanta dor de cabeça, que lá eles respeitam, só não querem respeitar o país onde vivem e querem fazer tudo de acordo com suas vontades, mas basta uma pessoa pegar a sua CNH de moto ou carro, que ele passa a fazer as suas próprias leis, até que a multa vem e ele tem que pagar, este é mais um trabalho da Polícia Rodoviária Federal e do SEST/SENAT, sempre juntos, trabalhando por uma condição melhor qualidade de vida nas estradas e rodovias do país.

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui