SESSÃO PINGA FOGO

0
238

Está causando um verdadeiro reboliço, notícias que circulam pela cidade que amanhã 2ª feira 11/02, a cidade vai amanhecer com “greve” dos professores; se vai haver ou não é outra coisa, mas parece que sim, tudo isto por causa do desentendimento entre a APLB e a administração Municipal, em relação às horas/aulas, que os professores terão de cumprir, a APLB fala de lei que diz uma coisa, a administração municipal, fala de outra lei que diz outra coisa, e entre uma fala e outra, os professores estão sendo vistos de forma diferenciada por parte da sociedade, para uns os professores estão certos e errados para outros, principalmente depois que na emissora de rádio do prefeito, os professores foram tachados como sendo “vagabundos”, mas na realidade, ninguém chega a uma faculdade, universidade, ou a um curso qualquer, sem passar pelas mãos dos professores, sem estes profissionais do ensino, competentes ou não, todos nós seríamos simples “analfabetos” e é o que na realidade muitos são, mesmo com diplomas nas mãos, pois acabam jogando a sociedade contra uma classe laboriosa, que de qualquer sorte, independente da ideologia política, ajuda a transformar o analfabeto e não analfabeto, não o pedagógico, mas o funcional e, a culpa também é do prefeito, que fica com este joguinho de lei pra cá e lei pra lá, e não coloca fim neste impasse, afinal a prefeitura tem uma procuradoria, exatamente para dirimir estas questões, e agora, como vai ser?

Novas placas, novas arrecadações e o brasileiro pagando tudo.

Agora tem essa coisa de “placas do MERCOSUL”, uns dizem que é para financiar países comunistas, outros dizem que não, mas como pode surgir de uma hora para outra esta obrigatoriedade de mudanças, vejam bem; a placa só diz Brasil, se em caso de acidente ou violência, as placas atuais, as mais velhas já são difíceis de serem identificadas, as novas então pior ainda. Entra governo, sai governo, e a coisa conti8nua a mesma porcaria, deveria ser igual nos EUA, um cidadão compra um carro, coloca uma placa e ela é dele para o resto da vida, quando ele troca o carro, ele leva placa, no Brasil não, a indústria das placas arrecada muito, outra coisa terrível, são os pedágios. Pedágio é uma tributação com outro nome, o motorista paga o IPVA, e nele já vem contidas as taxas todas, aí o congresso Nacional aprova e licita empresas de pedágio que vão cuidar das estradas, isto é bi-tributação, ou cobra o pedágio ou cobra o IPVA, que é mais uma forma de alimentar a corrupção brasileira e o brasileiro paga por tudo isto. Viajantes, vendedores e principalmente os caminhoneiros, deveria parar, parar de verdade, contra este abuso, mas quando falo em parar, é parar em casa, não sair pra trabalhar e deixar o congresso nacional vender, entregar, e transportar o progresso do Brasil nas costas, mas é o Brasil né? Falam muito, reclamam muito, mas na hora do “vamos ver” todo mundo se cala e, é aí que os corruptos deitam e rolam.

E a polícia vai ter mais trabalho

Neste final de trade, uma senhora foi encontrada morta, com sinais de estrangulamento, e de acordo com informações, ela estava sem calcinha, as notícias chegadas à redação do rota51.com é que houve estupro, mas oficialmente, não existem sinais de estupro, a perícia no IML ainda não divulgou nenhuma nota a respeito.

O que acontece é que, doentes mentais, ou usuários de drogas, acabam cometendo um crime deste, em busca de dinheiro, ainda é cedo para dizer se foi apenas um homicídio, se foi estupro seguido de homicídio ou latrocínio e estupro seguido de morte, somente a polícia poderá determinar as causas da morte. Como o crime foi no final de tarde deste domingo, nesta 2ª feira 11/02, os investigadores iniciarão as investigações, a começar pelos parente, amigos e principalmente vizinhos. É uma situação muito constrangedora, mas nesta 2ª feira, todos os veículos de comunicação estarão noticiando o fato e consecutivamente outras informações. Por outro lado, com todo este calor, mais uma vitima de afogamento foi resgatada, em uma lagoa na cidade;

 

 

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui