APLB conclama e professores fazerem ato após sessão da Câmara nesta 5ª feira 14/02.

0
562

Depois que terminou a sessão da Câmara Municipal, a presidente da APLB Jovita Lima, chamou todos os professores da rede municipal de ensino, para que este pudessem se reunir em frente a CVME, para assinarem o ponto do dia, já que estão em paralização, devido a um decreto lei do prefeito que aumenta o número de horas de 13 para 16 horas.

Diurtant6e este momento, foi feito o anuncio de que, amanhã 6ª feira 15/02,  todos os professores entrarão em sala de aula, para cumprirem o horário de 13 horas de trabalho, até que o prefeito se posicione em relação à situação, ao que ele mesmo fez e criou, mas segundo Jovita Lima, se o prefeito Robério Oliveira, não voltar atrás em sua decisão, descumprindo a lei 11738/08, na 2ª feira 18/02 a paralização será geral, e o prefeito, é quem deverá tomar uma posição final sobre o assunto.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui