Câmara Municipal faz 2 sessões extraordinárias e marca audiência pública.

0
303

Depois da chamada, leitura da ata da sessão anterior que foi votada e aprovada, aconteceu a leitura da Ordem do Dia e as Matérias da Pauta, e logo em seguida foi feito o intervalo regimental de 15 minutos.

Na reabertura da sessão no pequeno expediente, o vereador Daniel Queiros, usou a tribuna e pediu aprovação do seu projeto em que solicita do executivo, que proporcione aos meninos do Moises Reis, um campo de futebol, condizente com a as necessidades infantis, na prática do futebol, esporte este que a cada deia, encanta ainda mais a criançada.

Jota Batista para exemplificar melhor, como era o diálogo entre o executivo e a APLB, citou a forma democrática de Neto Guerrieri, quando este sentava e dialogava com os professores e tudo era resolvido no diálogo, e o atual prefeito, não recebe, não dialoga, e este não é um ato de governar, pois o diálogo não existe.

Por outro lado Jota batista disse que este aumento dado agora aos professores e agentes de saúde, não é aumento é o percentual de direito por lei. Jota Batista criticou duramente mais uma vez, o prefeito pela mudança da carga horária de 13 para 16 aulas, mas depois do encontro, os professores, vão fazer apenas 15 aulas até que o impasse se resolva. Jota Batista reiterou mais uma vez, que o prefeito passou por cima do legislativo exorbitando do seu poder.

Jurandir Leite, também usou a tribuna e falou sobre a situação entre os professores e o executivo, dizendo que a educação em Eunápolis está um caos, escolas estão sem reformar, dando conta de que foi denunciado a ele, que até cobras e aranhas foram encontradas nas escolas e, que o governo de Robério Oliveira é totalmente descompromissado tanto com a saúde quanto da educação. De acordo com o vereador Jurandir Leite, os secretários podem até ter muito boa vontade de trabalhar, mas eles só podem fazer o que o prefeito determina e manda, senão nada feito, a voz final é a do executivo. De acordo com Vereador Jurandir Leite, o prefeito Robério faz na educação, coisas, sem examinar as leis e isto causa o caos atual.

O vereador Ramos Filho pediu e lhe foi concedido um aparte, Ramos Filho disse que o prefeito falou, que o seu decreto tem legalidade, mas até o momento nada foi resolvido, e que os professores estão dando 15 aulas. Para Ramos Filho o processo seletivo vai dar um certo desconforto financeiro e, para que isto não ocorra, ele espera que a situação tenha um final feliz e o mais rápido possível.

Na pauta de votações, tanto os professores, quanto ao agentes de saúde e de endemias, através das votações, vão receber os aumentos devidos, e com o auditório cheio, a comemoração foi total.

Ao retornar a sua fala, Jurandir Leite disse que o governo não tem interesse em resolver esta situação, por outro lado o vereador Jurandir leite, presidente da comissão da CME para a educação, falou á reportagem do rota51.com, que foi marcado uma reunião com entre a comissão de educação e a secretária de educação, e que, por estar com a presidente da APLB, a prof.ª Maureem Lacerda não recebeu a comissão, mas enviou à comissão um oficio, marcando um encontro na 3ª feira na CME e ela não apareceu, a comissão está esperando a secretária marcar uma outra data.

O presidente da CME, o vereador Jorge Maécio, convidou a todos uma sessão da CME para 4ª feira, sendo que haverão 2 sessões extraordinárias, por outro lado convida a toda a população, para uma audiência pública para o próximo dia 26/02, para discutirem sobre a ponte do rio Jequitinhonha.

Após os discursos, Jorge Maécio abriu a pauta do dia para votação, sendo que o projeto de lei do Legislativo 01/2019, que altera os anexos II da lei 1.051/2016, o anexo IV da lei 1.145/2018 e o anexo da lei 661/2008, que versa sobre valores e remuneração dos funcionários da CME,  com um percentual de 4.61%, foi aprovado com 3 abstenções, as demais votações, em sessão ordinária e 2 extra ordinárias, transcorreram sem problemas.

O presidente do legislativo  Jorge Maécio, convidou a todos para a próxima sessão na próxima 4ª feira, 27/02, às 08hs30m, na CME av Artulino ribeiro bairro Dinah Borges.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui