O STTR inicia nova campanha salarial junto as terceirizadas da Veracel.

0
362

Na manhã desta 6ª feira 22/02, o STTR Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de Eunápolis se reuniram, para tratar da próxima campanha salarial, quando delegados já escolhidos, foram discutir detalhes da nova campanha.

Depois rede um café da manhã, a mesa foi formada pelo presidente do STTR Tico Lisboa, Damiana Alcântara de Oliveira, o advogado do sindicato Dr Ivaldo Costa, Horácio Rocha Novais Filho, Maria Cristina secretária de agricultura da FETAG e, a Dra. Regiane Lisboa.

No início do encontro Tico Lisboa falou da situação trabalhista, falou da reforma trabalhista e de como tudo deverá ser conduzido de agora em diante, falou sobre como os diálogos deverão ser conduzidos pelos delegados, junto as empresas, já que eles são os legítimos representantes dos trabalhadores, tendo alguns delegados feito comentários e observações sobre os direitos trabalhistas.

Também falou Dr. Ivaldo Costa sobre a situação trabalhista e das dificuldades que poderão ocorrer de agora em diante. Maria Cristina da FETAG, falou sobre a condução de trabalhos, o posicionamento da FETAG, na defesa do trabalhador rural e, sobretudo falando do momento atual.

Dra. Regiane, veio de Salvador especificamente para falar de como como tratar uma negociação, da reforma trabalhista, fazendo uma observação muito importante sobre o antes e o agora, Dra. Regiane, ao falar sobre negociação deu uma aula sobre o assunto, destacando como se faz, porque faz, como faz, e em sua fala, ela destacou que a Justiça do Trabalho é totalmente diferenciada da justiça comum, portanto é um assunto judicial à parte quando se trata de uma negociação.

Tico Lisboa, destacou que as negociações deverão começar pela sede e depois ir para Barrolândia, Santa Maria Eterna, Itabela e assim por diante. Depois de um lanche rápido, Tico, mostrou o slide da negociação, e leu para todos, onde todos, também puderam da suas opiniões, já que, o que foi mostrado foi apenas um “escopo”, para depois em uma reunião no sindicato, a pauta poderá ser aprovada como está, ou fazer os ajustes, para uma demonstração às empresas, onde estas após 72 horas poderão dar o parecer de cada uma.

Logo após, foi o momento final com um almoço para todos, sob a apresentação do musico e cantor Magia, que, dono de um repertório muito bem escolhido, incluindo músicas gospel, pode fazer mais uma vez, uma apresentação magistral o que agradou a todos os presentes.

A negociação vai continuar, para entrar em definitivo na pauta de negociação entre o sindicato, delegados e as empresas.

 

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui