Câmara de vereadores faz a última sessão antes do carnaval…

0
378

Depois da chamada, da leitura da ata anterior lida pelo diretor legislativo Milton guerreiro que foi aprovada, foi lida a Ordem do Dia e, as matérias da pauta, logo em seguida o presidente de CME,  Jorge Maécio abriu o pequeno expediente e como não havia nenhum vereador inscrito, foi aberto o grande expediente, onde falou o vereador Jurandir Leite, que fez uma demonstração de como está a escola municipal Roberto Campos, que segundo o vereador está uma lástima, paredes caindo, fios elétricos descobertos, a ponto de acontecer um curto circuito, aparelhos queimando, a com uma só entrada e saída, o vereador fez sérias críticas também à saúde, com a falta de médicos e remédios, dando conta de que, a educação e saúde estão falidas no município e o vereador questiona pra onde vai a verba carimbada destas duas divisões, vejam o discurso do vereador Jurandir Leite. Assistam o vídeo:

Ramos filho também usou a tribuna e teceu grandes elogios ao grupamento do corpo de Bombeiros de Porto Seguro CBPM, que tem dado total atenção a todos os municípios da região como, Eunápolis, Itabela, Belmonte, Itagimirim, Itapebi, Porto Seguro que é a sede, e ainda, nas BR’s 101 e 367, em casos de acidentes mais graves, por isto, o vereador fez uma moção de aplauso e reconhecimento ao grupamento de bombeiros de Porto Seguro, mas também criticou o Hospital Regional, que tem atendido a pacientes especiais, com toda atenção especial dando conta de que, até para alguns pacientes em determinadas acomodações, isto já que o hospital regional tem atendido até mesmo pacientes de outras regiões, como de Minas Gerais.

Vejam a moção de aplauso e o discurso de Ramos Filho nesta sessão:

 

Depois o presidente da CME Jorge Maécio, iniciou a votação, quando foram aprovados; o projeto de resolução da mesa diretora 02/2019 e a moção de aplauso ao corpo de bombeiros, 01/2019.

O vereador Daniel Queiroz, havia feito uma indicação, mas preferiu retira-la de votação, e do vereador Luizinho que por estar ausente, com ausência justificada, também teve a sala indicação retirada até a próxima sessão.

Porém aconteceram duas sessões extraordinárias para a votação do projeto do executivo 03/2019, sobre a alteração dos artigos 54, 55, 56, 57, 67 e 69, lei de estrutura e Organização Administrativa da prefeitura Municipal de Eunápolis, este projeto foi aprovado com dois votos contra, dos vereadores Jurandir Leite e Arthur Dapé.

Como nada mais tinha para ser tratado, o presidente Jorge Maécio encerrou a sessão e convocou a próxima para depois do carnaval.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui