Escola estadual em Suzano, sofre ataque, 10 mortos e 17 feridos.

1
347
estudantes se abracam apos ataque a escola de Suzano. Foto gentilmente cedida por G1 São Paulo

Este é o saldo até o momento, que a escola estadual Raul Brasil na cidade de Suzano, na grande São Paulo, registrou com um ataque de dois adolescente, armados e mascarados deixaram ao atacar aluno no intervalo das aulas.

O governador João Dória, tão logo recebeu a notícia e, cancelou sua agenda e, foi pessoalmente participar do resgate e ver de perto a chacina.

Os menores franco atiradores, após cometerem o absurdo do ataque se suicidaram, as identidades dos assassinos  acabaram de serem reveladas, são eles: Guilherme Taucci Monteiro 17 e Luiz Henrique Castro 25, não foram ainda revelados tampouco, o histórico pessoal, de cada um, para que as autoridades possam estabelecer uma ligação de suas atitudes e personalidades, com o ato que cometeram.

Para se comprar uma arma, nos dias atuais, é mais fácil que se imagina, se pode colocar a culpa no projeto de armamento da população, pois existe todo um ritual oficial para a aquisição de armas, mas no mercado negro ou mercado, é muito fácil, e quem quer comprar uma arma, já sabe onde vai, não é a toa, que a PRF, feito várias apreensões de armas de diversos calibres em rodovias federais.

Vejam o vídeo logo após o ataque dentro da escola:  https://youtu.be/JalcRy1PCDQ

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Fico pensando no “Excludente de Licitude”proposto pelo presidente Bolsonaro,caso a tropa de choque tivesse entrado em confronto direto com os jovens assassinos da escola em Suzano.
    Eles tiveram MEDO do enfrentamento,optando assim,pelo final trágico.
    Mas,se houvesse o tiroteio entre policiais e agressores, e esses tombassem?
    Com certeza,esses profissionais estariam agora nas manchetes da grande mídia, acusados de força excessiva ou coisa pior.
    E o choro dos policiais,no meu entendimento, é que eles não exitariam em cumprir seu dever profissional.Mesmo que fosse contra jovens.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui