SINSPPOR realiza Assembleia com Servidores de Eunápolis e categoria propõe paralisação

0
528

Na manhã do dia 12/03, terça-feira, foi realizada uma Assembleia Geral Extraordinária com os servidores municipais de Eunápolis para discutir pautas de negociação com o executivo.

Um dos principais pontos, o reajuste salarial 2019, sobre o qual já teve reunião de negociação com o Secretário de Administração, Sr Luiz Otávio, é motivo de controvérsia, pois os servidores apresentaram reivindicação de reajuste de 9% (nove por cento), e o secretário, em uma segunda reunião, apresentou uma contraproposta de 3,75% (três vírgula setenta e cinco pontos percentuais), alegando contingenciamento de despesa com folha de pagamento, o que desagradou a categoria, posto que houve reajuste para outras duas categorias – Educação e Agentes Comunitários, com índices de 4,17% e 4,62% respectivamente – levando a uma nova assembleia, na qual o percentual ofertado foi recusado pela unanimidade dos presentes.

Na oportunidade foi solicitada, através de ofício, uma reunião com o Prefeito municipal, ficando fixada para até sexta-feira, 15/03, a ocorrência dessa reunião para apresentação de um índice diferenciado, haja vista a categoria ter sofrido uma perda salarial acumulada em mais de dez anos, além de atrasos nas progressões de carreira por formação e por tempo de serviço, acumulando ainda mais perdas para os servidores. Ficou agendada, para o dia 19/03, terça-feira, uma paralisação de advertência de 24h, com concentração às 08h da manhã, em frente ao Gabinete do Prefeito, no Centauro, caso a reunião solicitada não ocorra até a próxima sexta-feira, 15/03.

O Sinsppor sempre buscou resolver as questões dos trabalhadores municipais na base do diálogo, e espera que desta vez ocorra de igual maneira, sem prejuízos para o serviço público e para a população em geral.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui