Ação conjunta da Polícia Civil e Cipe/Mata Atlântica resulta localização de adolescentes envolvidos em pelo menos sete homicídios

0
773

Na manhã desta quinta-feira, 20, ação conjunta da POLÍCIA CIVIL DE EUNÁPOLIS e CIPE MATA ATLÂNTICA resultou na localização de dois irmãos de 16 anos, responsáveis por uma série de homicídios em Barrolândia e região, onde eram conhecidos como “Gêmeos”.

Um dos adolescentes foi detido e apreendido durante a madrugada na rodoviária de Eunápolis quando chegava de Linhares/ES. O outro foi localizado em Barrolândia e morreu ao resistir à ação policial.

Ambos possuíam em seu desfavor Mandado Judicial de Busca e Apreensão, expedido pela juíza de direito, Drª ANDREA GOMES FERNANDES BERALDI, Titular da Comarca de Belmonte.

Os irmãos são apontados como envolvidos em pelo menos sete homicídios, ocorridos desde 2018:

Homicídio de DHONY SANTOS DE JESUS, ocorrido em 30/07/2018 em via pública do Distrito de Barrolândia. Meio empregado: arma branca.

Homicídio de EVANILDO NUNES DOS SANTOS, ocorrido em 06/11/2018 em via pública do Distrito de Barrolândia. Meios empregados: disparo de arma de fogo e arma branca.

Homicídio de BISMARQUE MIRANDA BORGES, ocorrido em 10/11/2018 em via vicinal, próximo ao Bar Bozó, Distrito de Barrolândia. Meio empregado: disparo de arma de fogo.

Homicídio de ROMARIO DO CARMO SANTOS, ocorrido em 16/12/2018 em via pública do Distrito de Barrolândia. Meio empregado: disparo de arma de fogo.

Homicídio de ALDENIR SILVA FERREIRA, ocorrido em 23/12/2018 em via pública do Distrito de Barrolândia. Meio empregado: disparos de arma de fogo e asfixia.

Homicídio de DOUGLAS SANTOS LIMA, ocorrido em 30/01/2019 na Zona Rural, Chácara Santiago, distrito de Barrolândia. Meio empregado: disparos de arma de fogo.

Homicídio de ZENARIO SANTOS SILVA, ocorrido em 08/05/2019 na Zona Rural, Pasto da Fazenda Brasil, Distrito de Boca do Córrego, município de Belmonte – BA. Meio empregado:  arma de Fogo e Arma Branca.

Um dos gêmeos é suspeito ainda da participação do último homicídio ocorrido no dia 08/06/2019 no distrito de Barrolândia, oportunidade em que um cidadão de 41 anos saia da igreja e foi espancado até a morte em via pública, na presença do pai, com pauladas, pedradas e golpes de chave de fenda.

Suspeita-se que o único motivo da morte dessa vítima foi ter sido visto conversando com policiais que passavam de viatura.

Além de homicidas, os irmãos traficavam drogas, castigavam aquela comunidade com ameaças e “toque de recolher”. No início desta semana, por exemplo, foram difundidas por eles e outros integrantes do bando mensagens para o fechamento do comércio local. (banner ao lado)

As investigações estão à cargo do Delegado Titular da Delegacia de Belmonte, WENDEL FERREIRA.

Fonte: DT BELMONTE/ 23ª COORPIN/Eunápolis

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui