Câmara de vereadores, hoje 08/08, a sessão que deveria acontecer, mas não aconteceu, derrubaram a sessão.

0
340

O presidente da CME, o vereador Jorge Maécio, dentro do horário previsto abriu a sessão solicitando ao 2º secretário que fizesse a chamada dos vereadores e, haviam apenas 5 deles no plenário, portanto não houve “quórum” e, a sessão ficou prejudicada.

Nesta sessão de 08/08, deveria estar presente a secretária de saúde, para dar as devidas explicações, sobre a matéria do rota51.com, lida na sessão anterior pelo vereador Querubino José de Souza, onde o referido portal de notícias, denunciava, a morte de duas pessoas dentro do HRE por negligencia médica.

Porém com 48 horas de antecedência, a secretária, enviou um ofício à secretaria da CME, dando conta de que, houve um compromisso estadual e Porto Seguro e que não poderia estar presente à sessão desta 5ª feira 08/08.

No entanto, como esta audiência foi marcada pela secretária, junto ao oficio, ela enviou também o motivo de sua ausência, deixando que a presidência da CME, marcasse uma nova data para o seu comparecimento a esta casa de leis.

O mais engraçado é que no momento da chamada, haviam apenas 5 vereadores no plenário, mas quando o presidente da casa, o vereador Jorge Maécio anunciou que a sessão estava prejudicada e que esta não se realizaria, imediatamente alguns vereadores, apareceram como num passe de mágica, também não cabe ao presidente Jorge Maécio ir buscar um por um, e traze-los pelo braço, mas quem realmente estava ausente foram os vereadores Jose Ramos Filho, Luizinho e Aderbal Costa.

Muitas pessoas compareceram para pedir explicações, sendo que alguns inclusive são pré candidatos a vereador nas próximas eleições, porém, com visão em sessões passadas, muitas pessoas, na realidade foram para tumultuar a sessão, pois, mesmo querendo estas pessoas pelo regimento interno, não podem se pronunciar, tumultuar, exibir faixas e cartazes, ou até mesmo participar, a não ser que estejam inscritos como representantes de uma associação, devidamente registrada e a pessoa seja credenciada, mas o tumulto teve de ser adiado, o que muita gente não sabe e se sabe, ignora, é que todo legislativo tem um “REGIMENTO INTERNO” e que muitos teimam em não respeitar, mas em suas propostas vão trabalhar pelo social, muitos distribuem cestas básicas, e até sanduiches, e tudo isto é crime eleitoral, se não respeitam um regimento interno que é constitucional, vão respeitar o seu voto? A CME é a casa do povo, mas não é a casa da baderna, tudo precisa ser feito com “ordem e decência”, fora disto é baderna e, muitos que ai estão buscando uma eleição, que os eleitores se lembrem, que os próximos eleitos, vão querer apenas passar o cartão e embolsar o polpudo salário de vereadores, neste caso, estarão pensando em si mesmos, e não no povo e nem a cidade.

Vejam e ouçam o que disse o  vereador Jota Batista, sobre a sessão prejudicada:                https://youtu.be/TzomBv1Msk4

Muitos destes novos pretendentes, estão pensando que “berimbau é gaita”, mas na hora de tocar uma música, verão que tudo é muito diferente.

Nova sessão, está marcada para a próxima 5ª feira, 15/08, às 08hs30m, na CME, av Artulino Ribeiro, bairro Dinah Borges.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui