Dia da Consciência Negra é celebrado na Uneb com apoio do instituto Brasil Chama África

1125
312

Por Rose Marie Galvão

Em parceria com o Instituto Brasil Chama África, a Universidade do Estado da Bahia (Uneb-Campus XVIII-Eunápolis), realiza o Primeiro Novembro Negro da instituição paralelo a VII Semana da Consciência Negra. O evento acontece de 21 a 28 de Novembro no Bairro Stela Reis, em Eunápolis.

Pela primeira vez as duas instituições se juntam para ampliar a celebração da data quando se aproveita também para discutir temas atuais como racismo, diversidade, preconceito racial, “potencializando as discussões acadêmicas e ampliando o público alvo dos eventos”, conforme destacou a professora Joceneide Cunha, licenciada em história e doutora em História da África.

Ao longo deste mês, as duas instituições vêm promovendo uma séria de atividades culturais voltadas para a celebração do Dia da Consciência Negra, comemorado em 20 de Novembro. Rodas de conversa, lançamento de livros, palestras, debates e apresentações musicais que resgatam e valorizam a cultura e a identidade negras integram a programação, além de reformar o empoderamento e a resistência do povo negro no país.

Dentro da extensa programação, nesta quinta-feira (21/11), a partir das 14 horas, acontece o lançamento do livro “Percursos para o Reconhecimento, Igualdade e Respeito” com roda de conversa com o autor, Jacques d’Adesky (foto).

SOBRE O AUTOR

O autor é licenciado em ciências econômicas pela Universidade Católica de Louvain, Bélgica, e doutor em ciências sociais pela Universidade de São Paulo. Iniciou a sua carreira no Ofício Belga para o Comércio Exterior, na Bélgica. Trabalhou no Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), na República Centro-africana. Na Universidade Candido Mendes, trabalhou inicialmente como pesquisador, depois como vice-diretor administrativo do Centro de Estudos Afro-Asiáticos. Atualmente, é gestor nacional do curso de relações internacionais da UNESA e pesquisador visitante da Universidade Laval, no Quebec, Canadá.

COMPARTILHAR

Comments are closed.