Eunápolis registra o 5º caso de pessoa infectada pelo COVID 19, a origem é a PROSEGUR.

0
36

No dia 15/04, o rota51.com anunciava os 2 primeiros casos de pessoas infectadas perlo COVID 19, já no dia 16/05, mais 2 pessoas tiveram resultados positivos pelo mesmo coronavírus, e hoje, 17/04, mais uma mulher 41, teve resultados de exame, com resultado positivo para o COVID 19, todos os infectados pertencem a empresa de transportes PROSEGUR, e a mulher que não teve a sua identidade revelada, também teve contado com os já anteriormente infectados, agora não se sabe, se ela é funcionária da empresa, ou parente do um dos infectados, o certo é que todos, tiveram alguma relação próxima ou contado diretos com os doentes, tudo isto em menos de 72 horas, já que Eunápolis, estaria obedecendo rigorosamente os cuidados anunciados pelas autoridades.

O secretário de Saúde Jairo Jr, disse que todos os casos estão sendo monitorados de perto e com todo cuidado, a mulher ao que tudo indica teve contado com um dos dois primeiros casos registrados e ainda tem mais 12 pessoas que já tiveram material coletado e os exames deverão chegar à secretaria de saúde dentro em breve.

De acordo com informações, a PROSEGUR, entrou na justiça questionando a interdição da medida da secretaria de saúde, relatando que a empresa, está atuando dentro das normas estabelecidas como um “serviço essencial” para a comunidade, porém se tivesse tomado todos os cuidados, como por exemplo fazer uma escala especial, para o abastecimento dos bancos, talvez, grande parte dos funcionários estivessem em casa e os contaminados não estivessem agora, passando por este problema, já que muitos jovens, também tiveram seus óbitos confirmados pelo mesmo vírus, embora a empresa esteja dando total assistência às pessoas infectadas e seus familiares, muitos outros, ainda poderão aparecer com sintomas, devido ao trânsito do funcionários, junto a pessoas  à pessoas em porta de bancos. De acordo com informações os infectados estão sendo tratados em regime domiciliar. A secretaria de saúde tem tomado todas as precauções em relação a quarentena, fechamento de comércio, cuidados com o HRE, informações, visando evitar a contaminação, aí vem a prosegur e faz istro aí, agora ja são 5 casos.

Link  de matéria sobre a PROSEGUR, a história é antiga:

prefeitura busca diálogo com Prosegur para sanear problemas causados pela ação criminosa do dia 6

Além da desinfecção da estrutura da empresa, todos os carros também deverão ser desinfetados, o que é uma responsabilidade da Secretaria municipal de saúde e da vigilância sanitária, todos ainda se lembram do ataque terrorista à sede da empresa, onde muito dinheiro foi roubado, a empresa não confirmou, mas a operação realizada, não foi pra “nada”. O rota51.com tem as matérias feitas é época e em uma delas os representantes da PROSEGUR, já vieram com as respostas prontas e não deram bola e nem tiveram o mínimo de respeito para com os moradores mais próximos do local, mesmo que o vereador  Ramos Filho feito um projeto, para que empresas desta natureza, não construíssem suas lojas em áreas urbanas, ou seja, com 1 km de distância de áreas habitadas, a PROSEGUR, deu as costas por resposta e agora vem esta contaminação exatamente com funcionários da empresa, somente a mulher de 41 anos, não se sabe se ela é funcionária, ou foi infectada por contato direto com um dos doentes. Agora são 5 e a PROSEGUR já está sendo chamada de “bomba infecciosa” e os seus representantes não poderão falar nada, terão de ouvir e ficarem calados.

Prefeitura e comunidade conversam com a Prosegur, um ridículo só, diz moradora assustada.

Nesta reportagem, o rota51.com., mostra a trajetória da PROSEGUR em Eunápolis, vejam os links.

Vereador Ramos Filho jogou pesado contra a Prosegur, em defesa da comunidade.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui