Paulo Barbosa, o calçadão de Eunápolis, está jogado.

2
310

O bom é quando o povo confia em um trabalho digno e independente, e que nos arremete a publicar, os anseios de um povo trabalhador, que paga impostos, que gera empregos e divisas, povo organizado que faz gerar e girar a economia eunapolitana, que paga impostos e que não tem o retorno do que paga. A rua Lions, mais conhecida como “quarteirão do povo”, que está abandonado pela administração, pela secretaria de meio ambiente, pela secretaria de infra estrutura e que deixa uma das áreas mais antigas da cidade sem nenhuma conservação.

O que os comerciantes pedem é muito pouco, falta muita responsabilidade de quem aceita determinadas funções, só por uma questão de “status”, mas sem nenhum compromisso com a cidade e, isto é vergonhoso, principalmente para um prefeito que só tem olhos para seus “processos” e que não são poucos e para o Pedrão, os comerciantes do calçadão, não vivem de Pedrão, mas vivem de uma administração que cuide da cidade para que a cidade possa cuidar dos empresários.

O que os empresários do calçadão querem e precisam.

Convivemos diariamente com o descaso, já fizemos abaixo assinado, já fomos diversas vezes na secretária de infraestrutura, mas ninguém faz nada. Só na promessa que vão vir aqui no calçadão.

O calçadão de Eunápolis, está jogado, pois os andarilhos, mendigos, entre outros fazem do calçadão depósito de lixo, fezes e urina.

Tenho uma loja no calçadão, e todos os dias, tenho que lavar a minha calçada, por conta que os mendigos, defecam na minha porta, assim como da de todos os meu colegas lojistas também.

As árvores e canteiros e uma nojeira.

Pois o mau cheiro das fezes, e urina fazem parte da paisagem (se e que podemos chamar de paisagem) canteiros quebrados, sujos, árvores, sem poda, o que aumenta mais ainda a falta de segurança, pois além de não ter iluminação pública, pois não temos lâmpadas, pois a prefeitura não coloca, e quando nós comerciantes fazemos isso, o vandalismo rouba a noite, pois não temos segurança. Não tem vigia, nada !!!!

Somos obrigados a fechar nossos estabelecimentos comerciais antes das 18:00 por conta da falta de segurança.  Pois a escuridão e total.

Os clientes se sentem mal, assim como nós mesmo, comerciantes, com os buracos no calçamento, assim como o mau cheiro que o calçadão tem.

Tenho uma loja há muitos anos e, nunca, nunca na minha vida, vi o calçadão de Eunápolis desse jeito.

As crianças não podem transitar no mesmo, pois os andarilhos e mendigos assustam e ficam o tempo todo pedindo. Sem falar na falta de limpeza, que eu já mencionei a você amigo.

Como eu tenho saudade do calçadão outrora, da época de SR. Arnaldo Moura Guerrieri, época que o calçadão era realmente um lugar onde se podia transitar, sentar nos bancos de madeira, embaixo das árvores, apreciando as lojas o verde e, os pássaros.

Mas hoje a situação, é de vergonha.

O TEXTO ACIMA FOI ENVIADO AO ROTA51.COM POR COMERCIANTES DO CALÇADÃO

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Foi a vereadora,cidadã e minha mãe Expedita Queiroz,que por mais de 20 anos cuidou desta parte da rua de Eunapolis,apelidado de calcadão,onde a mesma,morou,teve comercio,criou seus filhos e foi vigia,protetora e voz atuante.Sozinha enfrentava,bandidos,mendigos,plantava as arvores,regava e quando todos fechavam suas lojas,ela permanecia,dando de si para este pedacinho de rua. Depois da morte de minha mãe,não houve mais quem ali,romasse conta,apenas espwrando que a prefeitura mande alguem varrer ou arrecadar o lixo.Triste Calcadão.Triste Eunápolis.triste eleitores.

    • Verdade…Saudosa guerreira…só resta em eUNÁPOLIS saudades (não existe erro de grafia, é isso mesmo) essa cidade virou pastel de lanchonete…muito grande mas não tem carne (contéudo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui