PORTO SEGURO: Polícia Civil prende homem que planejava fazer “um ataque” em hotel de onde foi despedido.

0
594

Na manhã desta quinta-feira, 30, uma ação da Polícia Civil da Costa do Descobrimento, com apoio da RONDESP SUL COSTA DO CACAU e Superintendência de Inteligência da SSP/BA, resultou na prisão de CRISTINOVAL PEREIRA COSTA, 29 anos, que, após ser demitido do emprego, passou a exigir 300 mil reais de seus ex-empregadores para não praticar um ataque com bomba no hotel de onde foi despedido.

CRISTINOVAL foi localizado e preso em Serra Grande, município de Uruçuca, ocasião em que a Polícia Civil recebeu apoio da Especializada da Polícia Militar.

Com o fim de obter recursos para seus planos criminosos, o investigado chegou a praticar um roubo no dia 14/05 contra um supermercado do Bairro Mirante, em Porto Seguro, cujos vídeos da ação criminosa circularam em redes sociais da região.

Já na semana passada, 21, ele invadiu um “Terreiro de Candomblé” e atirou em duas pessoas, que sobreviveram à ação criminosa.

Em sua oitiva, ele diz que atirou porque, apesar de ter gastado mais de sete mil reais, o “trabalho” que o Pai de Santo fez pra ele não deu certo.

Quanto à bomba, verificou-se que o investigado vinha de fato realizando pesquisas e “projetos” para a fabricação de um drone e de uma bomba caseira.

Durante uma busca realizada pela Polícia Civil no dia 19 em sua residência, no Bairro Cambolo, em Porto Seguro, apesar de não ter sido localizado em casa, ali foi encontrada uma relação contendo o nome de doze pessoas que ele pretendia matar.

MODELO DE BOMBA COPIADO NA ITERNET

Entre suas táticas para obter o valor exigido, CRISTINOVAL ligava e enviava áudios ameaçadores para funcionários do resort.

Os mandados judiciais que resultaram na prisão foram expedidos pelos Juízes de Direito, Dr. ROGÉRIO BARBOSA DE SOUZA E SILVA, Titular da Vara da Infância e Juventude, durante Plantão Judiciário; e Drª MICHELLE MENEZES QUADROS PATRÍCIO, Titular da 2ª Vara Crime, ambos da Comarca de Porto Seguro.

CRISTINOVAL PEREIRA COSTA vai responder pelos crimes de roubo, extorsão e dupla tentativa de homicídio.

As investigações continuarão a cargo da 1ª Delegacia Territorial de Porto Seguro.

Fonte: 23ª COORPIN / POLÍCIA CIVIL

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui