Ramos Filho e Neto Carletto, reafirmam compromisso administrativo com Eunápolis.

0
343

Em recente entrevista à rádio 104 FM Vida, estiveram presentes os vereadores Ramos filho, Jota Batista e o jovem Neto Carletto, falando de política, sucessão municipal, planos de governo, uso de verbas públicas, geração de emprego e renda e, sobretudo de uma nova via de administração e aproveitamento da legalidade administrativa, para com as verbas municipais, coisa que nos últimos tempos tem sido um calo no sapato de alguns administradores.

No primeiro momento, eles responderam às perguntas dos radialista Sena Santos e Carlinhos Mototaxi, sobre o projeto, quando Ramos filho disse ter recebido um chamado de Neto Carletto para uma conversa e esta aconteceu em Salvador, quando decidiram, formar uma frente política, visando formar uma frente que  política, buscando evitar ao máximo as vaidades políticas para focarem na área administrativa, e uma reunião neste sentido aconteceu nesta semana, que o rota51.com publicou em primeira mão, logo após o termino de uma reunião, onde o grupo de Neto Guerrieri aderiu à ideia e reuniu o seu grupo para uma apoio incondicional à candidatura de Ramos Filho, mas todo mundo ficou à deriva e perguntava e Carletto?, já que na foto oficial Carletto não apareceu, mas na realidade, outras reuniões estavam sendo realizadas com a mesma intenção, e como o grupo Carletto não poderia ficar de fora, na tarde desta 5ª feira, em uma entrevista, tanto Ramos Filho quando Neto Carletto, anunciaram a união dos grupos em favor de Eunápolis.

Na oportunidade falaram de uma administração séria, sem vaidades políticas, e perguntado: “Ramos filho respondeu que já está de malas prontas para ingressar no PP de Ronaldo Carletto, o vice governador João Leão e Neto Carletto, já que este é o presidente nacional do partido.

Neto Carletto, falou da falta de emprego na região, e citou a Veracel, que quando precisa de profissionais, praticamente precisa buscar fora, e que isto é falta de competenciação dos jovens, e que esta competência, deverá ser instituída também no setor público, pois nas empresas privadas, existe uma porcentagem de colocação para jovens em busca do 1º emprego.

Já, Jota Batista, falou do mau uso de verbas, da perda de verbas dos royalties do petróleo, e citou ainda, que não sabe como a prefeitura vai pagar os asfaltos que foram feitos até agora, e que em nenhum momento, foram colocadas as redes de esgoto tão necessárias à cidade, e que Eunápolis está sob fossas sépticas, pela ausência de um esgotamento sanitário. Tanto Neto Carletto quando Ramos Filho, disseram que o grupo está aberto a amigos, simpatizantes e correligionários e, que tão logo comecem as reuniões todos serão avisados e consecutivamente convocados a participarem de forma aberta, com opiniões, sugestões e apoio ao novo grupo político que pretende subir ao poder sem vaidades, mas com o firme propósito de administrar e bem a cidade de Eunápolis. Por outro lado, Jota Batista enfatizou que ele, foi um dos precursores da união destes grupos, tendo inclusive conversado sobre isto com o deputado Jânio Natal, que entusiasta pelo crescimento de Eunápolis, junto com o deputado federal Ronaldo Carletto, tem feito muitas emendas para Eunápolis, na intenção de alavancar ainda mais, o crescimento da cidade.

Isto sim é que se chama de renovação, como falou todos os entrevistados, está na hora de Eunápolis sair da mesmice que não administra a cidade pela cidade, mas sim por vaidade e para o bem próprio do grupo que está no poder, Ramos Filho vaticinou que; “nem ele Ramos Filho e nem Neto ainda são candidatos, mas que a população irá definir quem será o cabeça de chapa, e quem a cidade definir, eles aceitarão as definições em favor da própria cidade, é a juventude com força e vontade de fazer bem feito.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui