Sinalização mal feita, causa acidente na BR 367 na sinalização com BR 101.

0
1220
Carro tentando ultrapasar pela direita entre o caminhão e os separadores de pista.
Carro tentando ultrapassar pela direita entre o caminhão e os separadores de pista.

A reportagem do rota51.com mostrou alguns erros que poderiam permitir que acidentes acontecessem no trevo das BRs 367 com 101, mas quando o rota51 mostra, é tido muitas vezes como enxerido, arrogante e outras “cositas mas”, porém a reportagem mostra coisas que ninguém mais mostra e, quando acontece, o rota51.com também está lá para mostrar um pouco da incompetência alheia, o pior já foi feito, e melhorou muito o trânsito, acidentes deixaram de acontecer, mas é sempre assim, conserta um braço mas quebras as pernas.
Quando foi sinalizado cruzamento das BRs 367 e 101, houve uma mudança radical no trânsito e, muita gente que gosta do, quanto pior melhor, criticou, colocou em cheque o trabalho e o rota51.com, como mostra os arquivos, sempre foi a favor, mostrou que era necessário e quando foi feito, todo mundo aplaudiu e quem não gostou tem que aceitar, afinal leis e regras foram feitas para serem cumpridas.
Na BR 367, foi feita a direita livre, onde motoristas que vem de Porto Seguro ou de bairros da cidade, com destino a Itabuna, entram pela direita livre e vão embora sem parar em sinal nenhum, a não ser mais na frente, o trânsito é livre, flui mais rápido e melhora pra todo mundo. Mas quem vem do Atacadão com destino ao centro de Eunápolis, tem que pegar a pista única, e obedecer ao sinal, que também rege todo fluxo veicular, para o centro da cidade, Itabela, Hospital Ramos dentre outros.
Mas no trevo da BR 367, colocaram reguladores de trânsito e depois retiraram os mesmos, permitindo uma segunda fila no mesmo sentido, onde já se previa batidas a qualquer momento, e hoje por volta do meio dia aconteceu. Como mostram as fotos, um caminhão da Engelmig no seu curso normal, em sua mão de direção acabou colidindo com um outro carro que quis ser mais esperto e tentou passar em um espaço exíguo, houve a batida e o retrovisor foi pro “brejo” , por causa de uma “batidinha” de nada o trânsito engarrafou por um bom tempo.
É preciso que as autoridades de Eunápolis quando forem fazer alguma coisa visando melhorar algo para a cidade, aprenderem a ouvir reclamações e explicarem por que foi feito desta forma, não é porque Eunápolis é uma cidade do interior com pouco mais de 110 mil habitantes, que tem que viver como ainda era o Km 64 o maior povoado do mundo, antes era o maior do mundo, hoje depois de tantos anos, no século XXI, com algumas faculdades e outras chegando, uma empresa como a Veracel uma das maiores do mundo, supermercados sendo inaugurados e, algumas pessoas ainda se acham donos da cidade, não se pode fazer uma coisa que os “donos” da cidade acham que está errado.
Os acidentes que sempre aconteciam no local, tanto de carros e motos, motos com motos, carros com carros, em um destes acidentes o carro chegou a capotar, e agora depois de tudo pronto, os acidentes acabaram, colocam os equipamento de direcionamento de trânsito e depois tiram, é tão fácil de fazer que não se acredita que eles foram tirados para serem levados para outro lugar, se por falta de visão ou competência, a coisa começou a piorar, espera-se que os mandantes da cidade, não tenham de acender velas em algum acidente com vítimas fatais, e quando se fala em mandantes, não se refere ao prefeito Neto, ele é um administrador que não gosta de nada errado, obras de 1ª qualidade, contas aprovadas e isto não admite erros, se é para o bem da cidade tem que fazer e deixar feito. Depois falam que a reportagem fala demais, vejam as fotos, nos vários ângulos e depois comentem, quem fala demais e, quem faz mail feito, só pra completar: “ o carro deveria estar atrás do caminhão e não tentando ultrapassar pela direita, faltou os separadores, quem tirou deveria ser obrigado a recoloca-los imediatamente, É preciso pensar certo e grande, retroceder ao 64 é assinar um atestado não muito inteligente.

Fotos: Pbarbosa

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui